Capitólio: Bolsonaro diz que famílias precisam ser confortadas | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
TRAGÉDIA EM MG
Capitólio: Bolsonaro diz que famílias precisam ser confortadas
Marinha e bombeiros deverão fazer os trabalhos de buscas e confortar os familiares, disse o presidente
REDAÇÃO GCMAIS COM R7 E RECORD TV
Postado em 8 de janeiro de 2022
Capitólio: Bolsonaro diz que famílias precisam ser confortadas
Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na tarde deste sábado (8), que a Marinha deve ser acionada para ajudar no resgate e confortar famílias das vítimas do acidente com uma estrutura rochosa que desabou em cima de lanchas em Capitólio (MG). Bolsonaro compareceu ao aniversário do advogado-geral da União, Bruno Bianco, que completa 40 anos neste domingo (9), e foi informado do acidente pela imprensa no local.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O presidente reforçou que a Marinha e o Corpo de Bombeiros deverão fazer os trabalhos de buscas e confortar os familiares. “É preciso confortar os familiares que estão esperando o aparecimento dos corpos. É uma coisa que a gente pode fazer com a Marinha e, com certeza, o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais e o [governador Romeu] Zema também deve estar tomando alguma providência no sentido de confortar esses familiares”, disse o presidente.

Pelas redes sociais, Bolsonaro também destacou o trabalho que está sendo realizado pela Marinha, pelos bombeiros e por outros órgãos de Minas Gerais no resgate às vítimas.

Leia também | Rocha desaba atinge pelo menos três lanchas em Capitólio (MG)

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou, no início da noite deste sábado (8) que ao menos seis pessoas morreram na queda da estrutura rochosa sobre lanchas na região dos cânions de Capitólio, a 293 km de Belo Horizonte. Segundo informações iniciais, três embarcações teriam sido atingidas e 20 pessoas ainda estão desaparecidas.

“O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 12h por funcionários que trabalham próximo da ponte do Turvo, em Capitólio. Eles relataram que ocorreu uma cabeça-d’água na região dos cânions e que teria acontecido o rolamento de pedras e estruturas rochosas”, detalhou o tenente Pedro Aihara, porta-voz dos bombeiros.

Ainda segundo o tenente, 23 vítimas foram atendidas no Hospital Santa Casa de Capitólio e liberadas. Duas foram levadas para a Santa Casa de Piumhi com fraturas expostas. Três estão na Santa Casa de Passos. O estado de saúde delas não foi divulgado. Outras quatro estão na Santa Casa de São José da Barra com ferimentos leves.

Confira o vídeo do desabamento:

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário