Número de divórcios consensuais no Brasil bate recorde em 2021 | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
LEVANTAMENTO
Número de divórcios consensuais no Brasil bate recorde em 2021
Somente no último ano, mais de 77 mil divórcios consensuais foram registrados
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 8 de janeiro de 2022
Número de divórcios consensuais no Brasil bate recorde em 2021
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Os processos de divórcios podem envolver alguns desgastes, custos e burocracias. Mesmo assim, em 2021, o Colégio Notarial do Brasil – que reúne mais de nove mil tabeliões – registrou recorde no número de casais que separaram oficialmente, no país.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Somente no último ano, mais de 77 mil divórcios consensuais foram registrados, o maior número desde 2007, quando uma lei federal permitiu a realização de separações e divórcios em cartórios.

Outro fator importante para o aumento no número de separações oficiais é a possibilidade de registros feitos pela internet. Esses processos aumentaram significativamente nos últimos anos, segundo os cartórios. Para o Colégio Notarial do Brasil, esse aumento está ligado ao isolamento social, adotado durante a pandemia.

Em 2020, o número de casais divorciados de maneira consensual também foi alto, mais de 76 mil registros e a expectativa é que apenas em 2023, o número de separações volte à patamares anteriores a pandemia.

Regras para divórcios

Para realizar o divórcio em Cartório de Notas, o casal deve estar em comum acordo com a decisão e não ter pendências judiciais com filhos menores ou incapazes. O mesmo processo pode ser realizado online a partir da plataforma e-Notariado, onde o casal, em posse de um certificado digital emitido de forma gratuita no Cartório de Notas, poderá declarar expressar sua vontade em uma videoconferência conduzida pelo tabelião. Desde julho de 2020, os serviços desta plataforma também estão disponíveis em aparelhos celulares.

Leia também | Após divórcio, Simaria brinca com Whindersson Nunes: “Bora tomar uma cerveja?”

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário