Brasil

Dom Cláudio Hummes, ex-arcebispo de Fortaleza, morre nesta segunda-feira (4)

O corpo será velado na Catedral Metropolitana de São Paulo

Compartilhe:
4 de julho de 2022
Roberta Fontelles
Dom Cláudio Hummes, ex-arcebispo de Fortaleza, morre nesta segunda-feira (4)
Foto: Divulgação

Dom Cláudio Hummes (88), ex-arcebispo de Fortaleza, morreu nesta segunda-feira (4). Uma nota de pesar foi emitida e postada no site da Arquidiocese de Fortaleza. O corpo será velado na Catedral Metropolitana de São Paulo.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

“Comunico, com grande pesar, o falecimento do Eminentíssimo Cardeal Cláudio Hummes, Arcebispo emérito de São Paulo e Prefeito emérito da Congregação para o Clero, no dia de hoje, com a idade de 88 anos incompletos, após prolongada enfermidade, que suportou com paciência e fé em Deus. Convido todos a elevarem preces a Deus em agradecimento pela vida operosa do falecido Cardeal Hummes e de sufrágio em seu favor, para que Deus o acolha e lhe dê a vida eterna, como creu e esperou. Deus acolha em suas moradas eternas nosso irmão falecido, cardeal Cláudio Hummes, e faça brilhar para ele a luz eterna. Seu corpo será velado na Catedral Metropolitana de São Paulo, onde serão celebradas Santas Missas em diversos horários a serem oportunamente divulgados”, diz nota assinada pelo cardeal Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo

Dom Cláudio Hummes

Nascido em Salvador do Sul (RS), no dia de agosto de 1934, Cláudio Hummes entrou na vida religiosa da Ordem Franciscana dos Frades Menores; recebeu a ordenação sacerdotal em 3 de agosto de 1958 e a ordenação episcopal em 25 de maio de 1975. Foi bispo diocesano de Santo André (SP), Arcebispo de Fortaleza e Arcebispo de São Paulo. Foi feito membro do Colégio Cardinalício pelo Papa São João Paulo II no Consistório de 21 de fevereiro de 2001. De 2006 a 2011 trabalhou ao lado do Papa Bento XVI em Roma, como Prefeito da Congregação para o Clero. De volta ao Brasil, ocupou a função de Presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia, da CNBB, e da recém criada Conferência Eclesial da Amazônia (CEAMA).

Leia mais | Justiça decreta prisão preventiva de acusado de tentativa de feminicídio 

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<