Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
VACINAÇÃO NO CEARÁ
Se ritmo de vacinação for mantido, Brasil poderá ter mais de 80 milhões de pessoas imunizadas até junho
Pesquisadores analisam cenário a partir de novas remessas que chegaram
DÉBORA BRITTO
Postado em 3 de maio de 2021
Se ritmo de vacinação for mantido, Brasil poderá ter mais de 80 milhões de pessoas imunizadas até junho
Com a chegada dos novos lotes, o Governo Federal pode encontrar um compasso positivo no ritmo de vacinação considerado ideal por pesquisadores. Foto: Prefeitura de Fortaleza.

Cerca de 11 milhões de novas vacinas contra à Covid-19 estão disponíveis para aplicação no Brasil esta semana. Destas, aproximadamente 7 milhões chegaram na última sexta-feira (30), produzidas na Fiocruz e no Instituto Butantan. Já uma remessa com 4 milhões de imunizantes foi recebida no fim de semana, enviada pelo consórcio global Covax Falicity.

Com a chegada dos novos lotes, o Governo Federal pode encontrar um compasso positivo no ritmo de vacinação considerado ideal por pesquisadores quando, pelo cálculos, o País precisaria de 1,5 milhão de doses aplicadas por dia para finalizar o processo nos grupos prioritários formados por 80,5 milhões pessoas, ainda no primeiro semestre.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Para o cenário se confirmar, é necessário observar que a atual remessa tem duração de apenas dez dias, sendo preciso que outros lotes também expressivos continuem desembarcando no país.

Além de Fortaleza, as capitais Aracaju, Porto Alegre, Porto Velho, Recife e Rio de Janeiro, suspenderam a aplicação da segunda dose da CoronaVac por falta dos imunizantes.

Entretanto, essa ausência pode ser amenizada ainda esta semana com a entrega de mais de um milhão de doses da vacina Coronavac para a próxima quinta-feira (6), pelo Instituto Butantan. O novo lote possibilitará a retomada das aplicações da segunda dose paralisadas em seis capitais por falta de estoque.

>>>Acompanhe a TV Cidade Fortaleza no YouTube<<<

Nesta segunda-feira (3), o Ceará recebeu a 18ª remessa de vacinas para a imunização da população. O novo lote enviado pelo Programa Nacional de Imunizações, de responsabilidade do Governo Federal, contém 17.550 doses da Pfizer/BioNTech, a primeira remessa que chega ao Ceará desse imunizante. E ainda mais 255.750 doses de Oxford/AstraZeneca, totalizando 273.300.

Ao todo, com as novas vacinas, são 2.715.200 doses recebidas pelo estado pro parte do Ministério da Saúde, das quais mais de dois milhões já foram aplicadas, entre primeira e segunda dose. Os dados são do Vacinômetro do Governo do Estado.

 


Deixe seu comentário