Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
coronavírus
Variante indiana: Camilo Santana solicita a Anac e Anvisa medidas de controle no Aeroporto de Fortaleza
O caso de um homem de 35 anos que veio da Índia e desembarcou na Capital em 9 de maio é acompanhado
DÉBORA BRITTO
Postado em 25 de maio de 2021
Variante indiana: Camilo Santana solicita a Anac e Anvisa medidas de controle no Aeroporto de Fortaleza
Os aeroportos pouco explicam para os passageiros quando algo dá errado in loco. Responsabilidades são jogadas de colo em colo, e ninguém quer assumir os erros para os consumidores. | Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (24), o governador Camilo Santana enviou ofícios ao presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Juliana Alcântara Noman, e da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, para solicitar medidas de controle sanitário no Aeroporto Internacional de Fortaleza. O anúncio foi feito pelas redes sociais de Camilo Santana e visa impedir a disseminação da variante indiana no Ceará.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O chefe do Executivo cearense disse que solicitou ainda reforços para o controle também nos aeroportos que possuem conexão com o Ceará, seja de origem ou destino.

“O Governo do Estado oferecerá toda estrutura de apoio necessária, durante o tempo que for preciso, para que esse controle sanitário seja realizado da forma mais eficiente possível. Não temos medido esforços para evitar a propagação do vírus em nosso estado”, disse.

A variante indiana do coronavírus em circulação no País motivou o pedido do governador. Em Fortaleza, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) monitora um caso suspeito da B.1617. O paciente é um homem de 35 anos que veio da Índia e desembarcou na Capital em 9 de maio.

Leia também | Segunda onda é mais grave na região nobre de Fortaleza, mas periferia continua com alto número de mortes

De acordo com a Sesa, o resultado foi positivo para Covid-19 em dois exames RT-PCR nos dias 10 e 11. Já no dia 18 de maio, o homem realizou novo teste que deu negativo para a doença.

A Sesa informa que a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) segue avaliando a amostra do exame e deve concluir o isolamento genético até o fim desta semana. Após esta etapa, será possível confirmar a presença da variante.

Leia também | Fortaleza inicia 4ª fase da vacinação nesta segunda (24); saiba quem está neste grupo

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário