Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
ECONOMIA
Aço da Turquia deve atender à demanda da construção civil no Ceará
Item é de 15% a 20% mais barato em relação ao aço produzido pelas indústrias brasileiras
IGOR SILVEIRA
Postado em 26 de maio de 2021
Aço da Turquia deve atender à demanda da construção civil no Ceará
Foto: Nivia Uchoa / Governo do Ceará

Após meses de análises e negociações, um grupo de empresas com sede no Ceará está próximo de importar aço da Turquia, em uma operação conjunta entre a Câmara Brasileira da Indústria da Construção, que reúne os sindicatos do setor, e a Cooperativa da Construção Civil Brasil.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Em entrevista à Rádio Jovem Pan News Fortaleza, Patriolino Dias de Sousa, presidente do Sindicato da Construção Civil do Ceará (Sinduscon), afirmou que o aço já acumula alta de 100% desde 2020. Ouça:

 

A compra de aço da Turquia deve garantir, até o fim de setembro, a chegada de 8 mil toneladas de aço ao Ceará. Desse total, 7 mil toneladas serão destinados aos associados do Sinduscon Ceará e mais 1 mil toneladas para os membros da Coopercon Ceará. Segundo Patriolino Dias de Sousa, mesmo vindo da Turquia, o aço turco é de 15% a 20% mais barato quando comparado ao produzido pelas indústrias brasileiras.

 

A compra com valores mais baixos deve refletir na manutenção de preços ao consumidor final, que busca apartamentos ou casas. O momento é de retomada para o setor que se prepara para lançamentos, observada desde o final do ano passado.

Segundo a entidade, o estado deve receber a construção de novos terrenos. Nesta fase da obra, o aço é fundamental para a estrutura. No entanto, os recursos da Turquia serão suficientes apenas para quatro meses de trabalho, e as construtoras já estão planejam comprar novos produtos. A carga será embarcada em navio e deve chegar ao Brasil pelo Porto de Suape, em Pernambuco. De lá, caminhões irão trazer o material para as construtoras cearenses.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário