Zoológico de Canindé recebe onça-parda resgatada em queimada no Paraná | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
VIDA NOVA
Zoológico de Canindé recebe onça-parda resgatada em queimada no Paraná
Este animal foi resgatado ainda filhotinho, pelo parque ecológico Klabin , no Paraná , em área de queimadas, juntamente com mais dois irmãos
Batista Santos
Postado em 23 de junho de 2021
Zoológico de Canindé recebe onça-parda resgatada em queimada no Paraná
Foto: Divulgação

O Zoológico São Francisco, que integra o complexo turístico do Santuário de Canindé, recebe nesta quarta-feira (23), um exemplar fêmea de onça-parda. “Este animal foi resgatado ainda filhotinho, pelo parque ecológico Klabin , no Paraná , em área de queimadas, juntamente com mais dois irmãos. Ela estava, inclusive, com alguns dos pelos táteis, que popularmente chamamos de bigode, queimados ”, explica Renata Câmara , bióloga do Zoológico de Canindé.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Renata pontua que os zoológicos e criadores muitas vezes não dispõem de espaço suficiente para abrigar tantos animais , então são realizadas transferências para outros locais que estejam aptos a recebê-los. “Este procedimento para encontrar o lugar ideal para o animal é realizado via sistema sisfauna , legalizado e com suporte do órgão ambiental. No momento, estávamos com um animal solteiro, macho, e sempre trabalhamos para que os animais fiquem em pares. Então, a vinda da onça fêmea será bem oportuna”, esclarece a profissional.

“Recebemos esta oncinha no período em que coincide com a reabertura do Zoológico São Francisco ao público, depois de uma longa temporada fechada por conta da pandemia que enfrentamos. Creio que começamos um novo tempo acolhendo esta onça que já sofreu muito e conseguiu escapar das queimadas”, celebra a bióloga.

A felina chega ao aeroporto de Fortaleza no período noturno, quando será trasladada imediatamente para Canindé. “O animal, ao chegar em seu novo habitat ficará em quarentena, por medida de segurança do animal e do plantel ( nossos animais ), ficará no nosso núcleo técnico para observação, adaptação e logo após ser transferido para o Zoológico São Francisco”, detalha Renata.

O dia a dia da nova hóspede do Zoo será apresentado em publicações no Instagram da instituição, que sempre mostra ao público a rotina do espaço.

O Zoológico do Santuário de São Francisco de Canindé reabriu para a visitação desde o último sábado, dia 19 de junho, tomando todas as precauções sanitárias exigidas por decreto municipal. O espaço ecológico funciona de segunda a sábado, das 8h às 16h30, e aos domingos, das 8h às 16h. O valor da entrada é R$ 3,00 (Três Reais).

“Nosso zoológico de São Francisco iniciou seu funcionamento no pátio na entrada do Convento com macacos, cobras, coelhos e pássaros trazidos por romeiros. Estes foram acolhidos pelos frades franciscanos e foram colocados em pequenos recintos. Com o tempo o local tornou-se inadequado para a quantidade de animais recebidos. Visando bem-estar animal foi construído por volta de 1974 um pequeno zoológico em frente ao museu. Dezessete anos depois demos mais um passo no cuidado com os nossos animais ao adquirir o novo zoológico de São Francisco, inaugurado em 1991”, explica Frei Gilmar Nascimento, Reitor do Santuário de Canindé, mantenedor do espaço.

>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Atualmente, o Zoológico de São Francisco possui uma área territorial de 8.523,29 m² e mantém 389 animais, de 56 diferentes espécies, priorizando a fauna nacional. Os animais recebem cuidados constantes, tanto preventivos como curativos, por uma equipe de biólogos, veterinários e tratadores, incumbidos da manutenção de sua saúde e bem-estar.

 


Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do GC+. Se achar algo que viole os termos de uso clique aqui para reportar.

  • Eliane Ferreira do nascimento

    Eu estou precisando muito dessa sesta básica

  • Ângelo patrick de Oliveira Campos Galvão

    Comofazer esse cadostro

Deixe seu comentário