Polícia Federal desarticula esquema de desvio de dinheiro do combate à pandemia de covid-19 em Maranguape, no Ceará | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
VERBA FEDERAL
Polícia Federal desarticula esquema de desvio de dinheiro do combate à pandemia de covid-19 em Maranguape, no Ceará
A investigação aponta que o esquema pode ter gerado um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões aos cofres públicos
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 24 de junho de 2021
Polícia Federal desarticula esquema de desvio de dinheiro do combate à pandemia de covid-19 em Maranguape, no Ceará
Foto: Divulgação

A Polícia Federal deflagrou uma operação na manhã desta quinta-feira (24) que visa desarticular um esquema de desvio de dinheiro público federal que deveria ter sido usado no combate à pandemia de covid-19 em Maranguape, no Ceará. A investigação aponta que o esquema pode ter gerado um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões aos cofres públicos. A Justiça Federal já realizou o bloqueio destes valores nas contas dos investigados.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Leia também | Caucaia, Maracanaú, Maranguape e Juazeiro do Norte estão entre as cidades mais violentas do Brasil; veja ranking

A operação decorre de um Inquérito Policial que foi instaurado em junho de 2020 e visa apurar os crimes de corrupção, desvio de recursos públicos federais e fraude em procedimento de dispensa de licitação no combate à pandemia na cidade de Maranguape.

Cerca de 50 agentes da Polícia Federal e seis servidores da Controladoria Geral da União (CGU) estão cumprindo dez mandados de busca e apreensão nas casas dos investigados pela operação, nos municípios de Fortaleza e Maranguape.

Os suspeitos de participar do esquema de desvio de dinheiro podem responder pelos crimes de fraude à licitação, peculato, ordenação de despesa não autorizada por Lei e organização criminosa. Caso condenados, a pena pode chegar aos 33 anos de reclusão.

As investigações da Polícia Federal devem continuar com a análise do material apreendido durante esta quinta-feira e da movimentação financeira dos investigados.

A operação foi chamada de Soroche. Este nome remete ao sofrimento físico em lugares com altas altitudes

Prefeitura de Maranguape se compromete a colaborar com as investigações

Em nota, a Prefeitura de Maranguape ressaltou que as investigações da Polícia Federal apuram “possíveis delitos em processos licitatórios realizados pela gestão passada – ano de 2020 – com a utilização de recursos federais destinados no combate à covid-19”. Além disso, a “administração municipal se coloca à disposição da investigação e reitera seu compromisso com a defesa da vida e da transparência com o uso do dinheiro público”.

Leia também | 35 policiais são denunciados pela participação do ato que terminou com Cid Gomes baleado

Confira o vídeo sobre a operação da Polícia Federal no Maranguape do CE no Ar

>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário