Escolas, restaurantes e academias: veja o que muda com novo decreto no Ceará | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
FLEXIBILIZAÇÃO DA ECONOMIA
Escolas, restaurantes e academias: veja o que muda com novo decreto no Ceará
Anúncio foi feito pelo governador após a reunião semanal com o comitê que delibera sobre o decreto estadual.
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 1 de outubro de 2021
Escolas, restaurantes e academias: veja o que muda com novo decreto no Ceará
Camilo destacou que números positivos sobre o controle da pandemia embasam as novas medidas. Foto: Carlos Gibaja / Governo do Ceará

O governador do estado do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou no final da tarde desta sexta-feira (1) uma nova edição do decreto estadual. As principais novidades, em relação às deliberações vigentes até então, dizem respeito às escolas, restaurantes e academias.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Em relação às escolas, o Governo definiu que o ensino presencial será priorizado, de forma com que a aprendizagem seja reforçada com a presença do aluno em sala de aula, sendo o modelo híbrido permitido em situações específicas, devidamente comprovadas.

Em postagem nas redes sociais, Camilo apresentou os gráficos que apontam uma melhora de indicadores do controle da pandemia, que embasam as medidas de avanço da flexibilização da economia do Estado.

Em relação ao comércio, a novidade fica por conta da ampliação do horário de funcionamento dos restaurantes para as 2h da madrugada. O governador também confirmou que o novo decreto prevê o aumento da capacidade de ocupação de eventos corporativos, hotéis e academias.

Situação da pandemia

De acordo com Camilo, os números de casos e óbitos seguem em queda em todo o estado, ao mesmo tempo em que o processo de vacinação segue avançando no Ceará.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

“Reforço a importância de todos os cearenses acima de 12 anos se vacinarem. Só com a vacinação em massa conseguiremos superar de vez essa pandemia”, frisou o governador, fez o anúncio logo após a reunião semanal com o comitê que delibera sobre o decreto estadual.


Deixe seu comentário