Complexo Ambiental Mirante do Caldas é inaugurado, em Barbalha | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
CARIRI
Complexo Ambiental Mirante do Caldas é inaugurado, em Barbalha
O equipamento irá fomentar turismo e educação ambiental no Cariri
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 14 de novembro de 2021
Complexo Ambiental Mirante do Caldas é inaugurado, em Barbalha
A estrutura foi instalado em Barbalha, no distrito de Caldas, e o espaço conta com teleférico, Centro de Interpretação Histórica e Ambiental da Chapada do Araripe, café cultural, Borboletário do Cariri e vista privilegiada da região. O investimento total foi de R$ 13,8 milhões. (Foto: Helene Santos e Nívia Uchoa)

Neste sábado (13), foi inaugurado pelo Governo do Ceará o Complexo Ambiental Mirante do Caldas, equipamento que ajudará no fomento à educação, pesquisa ambiental e o turismo sustentável na região do Cariri.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

A estrutura foi instalado em Barbalha, no distrito de Caldas, e o espaço conta com teleférico, Centro de Interpretação Histórica e Ambiental da Chapada do Araripe, café cultural, Borboletário do Cariri e vista privilegiada da região. O investimento total foi de R$ 13,8 milhões.

O governador Camilo Santana destacou o potencial da região a ser explorado com a mescla de equipamentos estruturantes e riquezas naturais.

“Temos a primeira unidade de conservação criada no país, que é a Floresta Nacional do Araripe. Temos um patrimônio cultural e científico muito forte. Aqui não é só um teleférico, temos também um Centro de Interpretação, café cultural e um borboletário. Estamos apostando em uma grande vocação”, disse.

Com 34 cadeiras, o percurso de 544 metros é feito em oito minutos, permitindo uma vista completa da Chapada do Araripe. A obra contou com a recuperação e reforma de um prédio histórico no Caldas, a construção de uma linha de teleférico com duas estações (Bom Jesus e Mirante do Cruzeiro), a passarela de acesso e a plataforma do mirante.

Seis torres de 11 a 16 metros dão sustentação à estrutura do teleférico. Inicialmente, o Complexo será administrado pelo Instituto Dragão do Mar, que ficará responsável por realizar um trabalho de educação ambiental e patrimonial, exposições, atividades artísticas, cursos, oficinas, visitas guiadas e a operação do teleférico, além de outras atividades.

Ao lado da estação Bom Jesus fica o Centro de Interpretação Histórica e Ambiental da Chapada do Araripe e o café histórico. O local oferece uma exposição permanente que apresenta a história geológica da região, destacando o patrimônio arqueológico, a biodiversidade e a cultura popular local que se mistura com a religiosidade.

Leita também: Enfeites de Natal ficam até 30% mais caros

Do alto da chapada, onde fica a estação do Mirante do Cruzeiro, visitantes poderão acessar ao Borboletário do Cariri – primeiro espaço na Chapada do Araripe dedicado ao estudo das borboletas que vivem e se reproduzem na Floresta Nacional. O ambiente será coordenado por professores da Universidade Regional do Cariri (Urca), que realizarão pesquisa científica e educação ambiental.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário