Estragos causados por enxurrada em Jericoacoara são reparados e pagos com taxa de turismo | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
ESTRAGO EM JERI
Estragos causados por enxurrada em Jericoacoara são reparados e pagos com taxa de turismo
O secretário de Infraestrutura de Jericoacoara, Edineldo Freitas, também esteve no local e a pasta informou que o cenário já está sendo normalizado.
Batista Santos
Postado em 2 de janeiro de 2022
Estragos causados por enxurrada em Jericoacoara são reparados e pagos com taxa de turismo
Foto: Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara / Divulgação

Após as fortes chuvas no município de Jijoca, no último sábado (1º) e neste domingo (2), o resultado foi uma enxorrada pelas ruas da vila de Jericoacoara, que deixou estragos. Os danos começaram a ser reparados em parte, ainda nesse domingo, com recursos da taxa do turismo. De acordo com a prefeitura, a situação está sob controle e parte dos fios que ficou exposta após os alagamentos já foi recoberta.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O secretário de Infraestrutura de Jericoacoara, Edineldo Freitas, também esteve no local e a pasta informou que o cenário já está sendo normalizado. Com a chuva forte, uma quantidade de areia da rua foi levada pela água da enxorrada. Isso ocasionou a exposição de fios que, segundo a gestão municipal, estavam encapados e não trariam riscos de choque elétrico.

Em nota a Enel informou “equipes estão trabalhando no local, em parceria com a Prefeitura, para recomprar a rede elétrica atingida durante a enxurrada. Apesar da complexidade dos reparos, a companhia destaca que todos os esforços estão sendo feitos para que os reparos sejam concluídos o mais breve possível”.

Parte da verba utilizada para amenizar os estragos da enxurrada vem da taxa de turismo cobra para o acesso à vila. Quem visita o local precisa pagar taxa de turismo sustentável de R$ 30 por até 7 dias, com acréscimo de R$ 3 a cada dia a mais. Essa taxa é cobrada desde o ano de 2017. Foram arrecadados R$ 8,5 milhões de reais, entre 2019 e 2020, e a aplicação acontece para coleta de lixo e estudo de recuperação da Duna do Pôr do Sol.

Mesmo com o fechamento da Vila entre abril e julho do último ano, em decorrência da pandemia da Covid-19, foram recebidos 662 mil turistas somando os anos de 2019 e 2020.

Dezembro e janeiro despontam como os meses mais procurados por turistas que buscam conhecer e aproveitar a vila, lagoas e a praia de Jericoacoara.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário