Taxa de positividade nos exames realizados no Aeroporto de Fortaleza aumentou em 100 vezes em um mês | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
CENTRO DE TESTAGEM
Taxa de positividade nos exames realizados no Aeroporto de Fortaleza aumentou em 100 vezes em um mês
No geral, houve um registro de crescimento de testes positivos em todos os seis Centros de Testagem do Ceará.
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 5 de janeiro de 2022
Taxa de positividade nos exames realizados no Aeroporto de Fortaleza aumentou em 100 vezes em um mês
Desde julho de 2021 o Governo tem montado centros de testagem na Capital e no Interior. Foto: Governo do Estado.

Entre dezembro de 2021 e o início deste ano, o Centro de Testagem para Viajantes do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, registrou um aumento em 100 vezes na taxa de positividade de testes de covid-19 e Influenza. A informação foi revelada nesta quarta-feira (5) pelo governador do Ceará, Camilo Santana, durante o anúncio das medidas do novo decreto do Governo do Estado.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<

Para além dos dados preocupados verificados no Aeroporto, houve crescimento de testes positivos em todos os seis Centros de Testagem do Ceará, segundo Camilo. São cinco em Fortaleza e um em Juazeiro do Norte. Na avaliação do governador, a disseminação da variante Ômicron no Ceará e o aumento dos casos de Influenza, principalmente na Capital, impacta no aumento da demanda nas unidades do sistema de saúde público e privado no Estado. “Isso acarreta também uma procura pelos serviços de saúde, que também aumentaram muito”, observou o chefe do executivo estadual.

Leia também | Influenza ou Covid-19? Entenda a importância da testagem para o diagnóstico

Diante dessa situação, o governador informou que a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) está ampliando os leitos de enfermaria e UTI para atendimento a pacientes com síndrome gripal na rede pública estadual, assim como a ampliação da testagem. “O Hospital Leonardo Da Vinci voltará a ser o nosso hospital-referência de síndromes respiratórias, para atendimento prioritário tanto de Covid quanto para Influenza. Por isso ampliamos para 160 leitos disponíveis para esses casos. Vamos aumentar também a testagem, distribuir para todos os municípios mais testes, e assim ampliar a testagem para ter dados reais dessa pandemia”, comentou Camilo.

Leia também | Ceará pretende vacinar contra Covid-19 mais de 900 mil crianças

Crescimento de síndromes respiratórias agudas

O secretário da Saúde do Estado, Marcos Gadelha, confirmou que os casos da variante Ômicron têm uma disseminação de alta velocidade, e que o Estado já sinaliza predominância nos novos casos detectados. Somado a isso, há forte aumento de atendimentos para doenças com sintomas respiratórios.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

“Registramos o crescimento de síndromes respiratórias agudas, que são casos de influenza que levam ao desconforto respiratório. Então, para as pessoas que procuram as unidades de saúde, é importante que se tenha o diagnóstico precoce, se síndrome gripal ou Covid, para serem logo tratados, medicados, e assim não progridam para uma internação. Para síndrome gripais, é importante que tenha o medicamento e que seja atendido nas primeiras 48 horas dos sintomas”, detalhou Gadelha.

Para tratar casos de Influenza, o governador Camilo Santana garantiu uma nova compra do medicamento Tamiflu para o estado do Ceará.


Deixe seu comentário