Em dois anos, mais de 12 mil armas foram apreendidas no Ceará | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
SEGURANÇA PÚBLICA
Em dois anos, mais de 12 mil armas foram apreendidas no Ceará
Ao todo, foram apreendidas 12.197 armas em todo o território cearense.
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 11 de janeiro de 2022
Em dois anos, mais de 12 mil armas foram apreendidas no Ceará
Foto: SSPDS

Mais de 12 mil armas de fogo foram apreendidas nos anos de 2020 e 2021 no Ceará. As ações de abordagem e patrulhamento, além de trabalhos de investigação realizadas pelas Forças de Segurança nos últimos dois anos resultaram na retirada de circulação de 12.197 armas em todo o território cearense. Esse trabalho faz parte da estratégia adotada para reduzir as ocorrências de mortes provocadas por crimes violentos no Estado, que apresentaram retração de 18% no ano passado.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Apreensões de armas no Ceará

No decorrer do ano de 2021, 6.080 armas foram recolhidas pelas Polícias do Ceará. Já no ano de 2020, os profissionais da Segurança apreenderam 6.117 artefatos em todo o território estadual. Os dados de apreensões de armas de fogo foram compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), instituição vinculada à SSPDS.

Leia também | Após ser recebida a tiros, Polícia Militar apreende espingarda e metralhadoras artesanais no bairro Ancuri

O coronel comandante-geral da Polícia Militar do Ceará (PMCE), Márcio Oliveira, comentou sobre as ações realizadas diariamente pelas tropas a pé, motorizadas e a cavalo.

“Nessas ações, são realizadas várias apreensões de armas de fogo, fruto das inúmeras abordagens policiais e ações de inteligência. Essas apreensões contribuem para a redução dos crimes de roubos, de lesões, de homicídios e outros. As armas mais apreendidas são revólveres e pistolas, que, ao serem retiradas das ruas, além de contribuir para a redução dos crimes, eleva a sensação de segurança do cidadão cearense”, afirmou.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário