Região Metropolitana de Fortaleza apresenta redução de 36,4% nos crimes provocados por mortes violentas | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
EM ABRIL
Região Metropolitana de Fortaleza apresenta redução de 36,4% nos crimes provocados por mortes violentas
Crimes Violentos Letais Intencionais incluem homicídios dolosos, feminicídios, latrocínios e lesão corporal seguida de morte
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 3 de maio de 2022
Região Metropolitana de Fortaleza apresenta redução de 36,4% nos crimes provocados por mortes violentas
Redução nos crimes é atribuída ao trabalho continuado desenvolvido pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), por meio das Forças de Segurança e do uso de ferramentas tecnológicas. (Foto: SSPDS/Divulgação)

A Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) registrou uma queda de 36,4% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) durante o mês de abril deste ano. Já no estado do Ceará a queda foi de 11,3% no período. Os dados foram compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS).

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Em abril deste ano, foram 56 Crimes Violentos Letais Intencionais (que incluem homicídios dolosos, feminicídios, latrocínios e lesão corporal seguida de morte) contabilizados na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), contra 88 mortes no mesmo período do ano passado. Na soma dos primeiros quatro meses do ano, os crimes violentos tiveram queda de 24% na RMF, quando foram registradas 253 CVLIs, contra 333  entre janeiro a abril de 2021. Já no estado do Ceará foram contabilizadas 244 mortes em abril deste ano contra 275 crimes violentos registrados em 2021.

Redução dos crimes violentos no Ceará

Outro dado importante registrado no Ceará é que, entre janeiro a abril deste ano, o Estado apresentou uma redução de 7,6% nos Crimes Violentos Letais Intencionais, quando 998 crimes foram registrados. No ano passado, no mesmo período, o Ceará teve 1080 casos.

De acordo com a SSPDS, a redução nos crimes pode ser atribuída à intensificação do trabalho das Polícias cearenses. O secretário de segurança pública do Estado, Sandro Caron, destacou a importância do trabalho integrado das Forças de Segurança para as reduções nos indicadores criminais que o Estado vem registrando.

Leia também | Atendimentos na emergência do Hospital Albert Sabin aumentaram 128% em março

“Fechamos o primeiro quadrimestre do ano com uma significativa redução de homicídios quando comparado com o ano de 2021. É importante destacar que concluímos o ano passado com uma redução de 18% nos crimes violentos. Seguimos trabalhando com esse viés de queda que mostra que o resultado vem de um trabalho de continuidade, permanente e diário, além também das diversas prisões e apreensões realizadas e que contribuem para a queda desses números. Sabemos que temos que avançar, mas estamos no caminho certo e isso é graças ao trabalho incansável das Polícias Militar e Civil do Ceará, bem como dos profissionais de inteligência e outros integrantes do sistema de segurança pública”, pontuou o secretário.

Sobre a retração de crimes violentos em Fortaleza

A queda nos índices também foi registrada em Fortaleza. Na Capital, a redução em abril foi de 2,9%, indo de 69 casos para 67. Já no quadrimestre, a redução foi de 8,8%, indo de 320 para 292.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

De acordo com a SSDPS, por meio do fortalecimento do trabalho integrado das Forças de Segurança e com o emprego de tecnologias, o Ceará apresentou mais uma redução em seus indicadores criminais.


Deixe seu comentário