Homem é preso suspeito de estuprar a própria mãe de 69 anos | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
SEGURANÇA
Homem é preso suspeito de estuprar a própria mãe de 69 anos
O ex-presidiário Edmilson Queiroz da Silva foi localizado pela Polícia Militar no bar da idosa
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 23 de junho de 2022
Homem é preso suspeito de estuprar a própria mãe de 69 anos
Foto: Divulgação

Em Missão Velha, um homem foi preso suspeito de estuprar a própria mãe de 69 anos. O filho de 43 anos foi denunciado pela vítima.

Siga o GCMAIS no Google Notícias<<

Suspeito de estuprar a mãe

O ex-presidiário Edmilson Queiroz da Silva foi localizado pela Polícia Militar no bar da idosa. Ele estava no local e foi encaminhado à Delegacia de Juazeiro do Norte. O suspeito foi detido pelo crime de estupro e pela nova redação de crimes, também foi enquadrado pela Lei Maria da Penha.

Edmilson já havia sido preso por homicídio, em 2009, e por ameaças contra três pessoas. O advogado já havia entrado com recurso no Tribunal de Justiça alegando que ele enfrenta problemas mentais.

Mais detalhes na reportagem do Jornal da Cidade:

Leia mais| Trio quase leva criança em assalto em Fortaleza

Modelo é agredida e sofre tentativa de estupro ao parar em estrada

Uma mulher denunciou nas redes sociais, no dia 1º de junho, que foi agredida e vítima de estupro. O fato aconteceu na CE-329, entre as cidades de Ipu e Pires Ferreira, região da Ibiapaba, no interior do Ceará.

Jannara Lívia precisou parar o carro por alguns instantes e foi atacada por um homem. Ela teve as roupas rasgadas e o corpo coberto hematomas, resultado da luta que precisou travar para se manter viva.

Após postar o relato nas redes sociais, a modelo conta que conseguiu pedir socorro a familiares, fez exame de corpo delito, foi à Polícia, onde registrou um boletim de ocorrência, e passou todas as informações ao delegado.

A modelo disse que não lembra bem das características físicas do agressor devido às ameaças e ao trauma, mas acredita se tratar de um homem mais velho.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

 

Deixe seu comentário