Auxílio Brasil: veja novidades sobre novo Bolsa Família | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
ECONOMIA
Auxílio Brasil: veja novidades sobre novo Bolsa Família
Nesta semana, a equipe econômica do Governo Federal realizou alguns pronunciamentos sobre o tema
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 19 de setembro de 2021
Auxílio Brasil: veja novidades sobre novo Bolsa Família
Foto: GCMAIS

O novo Bolsa Família, que é chamado pelo Governo Federal de Auxílio Brasil, está no centro do debate dos programas sociais e da economia em Brasília. Isso porque o novo benefício é uma das principais propostas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para substituir o atual programa de transferência de renda, que é considerado uma marca dos governos petistas.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Uma Medida Provisória que garante a criação deste novo programa já foi publicada, detalhando diversas novidades para os beneficiários. Porém, um dos principais entraves para a realização deste projeto está no orçamento. Como os planos do Governo Federal é que o primeiro pagamento do Auxílio Brasil aconteça em novembro, diversas novidades sobre este novo Bolsa Família estão sendo anunciadas pelos membros da gestão nos últimos dias.

Leia também | Saque do auxílio emergencial é suspenso; veja quando será retomado

Paulo Guedes fala nos valores do novo Bolsa Família

Na última quarta-feira (15), o ministro da Economia, Paulo Guedes, participou de um seminário online onde falou sobre os planos do Governo para este benefício. Um dos principais desafios para equipe econômica é garantir que o programa seja pago para mais pessoas e em um valor maior, mas sem extrapolar o limite de gastos públicos permitidos.

Durante o seminário, Paulo Guedes defendeu que o reajuste para este novo Bolsa Família será “modesto e moderado”. Segundo ele, o Auxilio Brasil deve pagar uma quantia por volta de R$ 300, e não acima de R$ 600 ou R$ 700, “como querem fazer”.

Para o ministro, um aumento mais robusto poderia “ser lido como populismo”. Ele ressaltou, ainda, que este tipo de medida que interfere no orçamento já terminou mal em outras ocasiões. “Não queremos que isso se repita”, disse Paulo Guedes.

Leia também | Auxílio Brasil: 17 milhões de famílias serão contempladas com o benefício a partir de novembro; veja como se inscrever

Secretário garante Auxílio Brasil de R$ 300

Bruno Funchal, secretário do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, reforçou o que foi dito pelo ministro Paulo Guedes. Em um evento nesta sexta-feira (17), ele afirmou que a gestão vai realizar um pagamento de R$ 300 para os beneficiários nos últimos dois meses deste ano.

Ele explicou, ainda, que as mudanças que o presidente da República, Jair Bolsonaro, fez na alíquota do IOF garantem este pagamento. “Não pode implementar no ano que vem por causa da restrição eleitoral, tem que implementar esse ano”, afirma o secretário. “A lógica é, terminando o auxílio emergencial, cair no novo programa, nos últimos dois meses. Tem a compensação, aprovando o IR, para 22 e 2023, para novembro e dezembro, por isso foi editado o IOF para compensação do Auxílio Brasil de R$ 300.”

Leia também | Auxílio Brasil: veja pré-requisitos para novo Bolsa Família que começa em novembro


Deixe seu comentário