Novo auxílio financeiro de R$ 200 é liberado e já pode ser sacado; veja quem tem direito | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
AUXÍLIO FINANCEIRO
Novo auxílio financeiro de R$ 200 é liberado e já pode ser sacado; veja quem tem direito
Cerca de 100 mil famílias devem ser atendidas com o benefício
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 15 de novembro de 2021
Novo auxílio financeiro de R$ 200 é liberado e já pode ser sacado; veja quem tem direito
Foto: Pexels

Um novo auxílio financeiro, no valor de R$ 200, foi liberado para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Cerca de 30 mil famílias já foram contempladas e a expectativa do governo é chegar a 100 mil famílias atendidas com o benefício.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Criado para atender famílias em situação de vulnerabilidade, insegurança alimentar e nutricional, o programa paga R$ 200 para quem tem renda mensal inferior a meio salário mínimo e atende aos critérios do programa.

Quem pode receber o auxílio financeiro de R$ 200?

Para ter direito ao auxílio, é necessário:

  • Ter inscrição no Cadastro Único do Governo Federal. A partir deste cadastro, o estado do Mato Grosso do Sul fará uma seleção de quem pode receber a benesse.
  • Residir em qualquer município do estado do Mato Grosso do Sul.
  • Não receber outro Programa Social Estadual que possua a mesma finalidade que o Mais Social.

A secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho do Mato Grosso do Sul, Elisa Cleia Nobre, fala sobre o trabalho das equipes nas ruas para que mais famílias sejam beneficiadas com o programa.

“O começo dos pagamentos do Mais Social é uma realização para toda a nossa equipe. Estamos trabalhando a cada dia para chegarmos na totalidade de 100 mil famílias inseridas no programa. A cada pessoa que consegue garantir alimentos e itens de higiene pessoal para ela e seus familiares, com o crédito de R$ 200,00, ficamos ainda mais motivados. Essa ação do Governo do Estado, gerenciada pela Sedhast, já está transformando realidades”, destacou.

O programa tem caráter definitivo, e não provisório, para beneficiários que têm renda mensal familiar per capita inferior a meio salário mínimo. A iniciativa tem um investimento de R$ 380 milhões do governo estadual até 2022.

Aqueles que participavam no programa Vale Renda migraram automaticamente para o programa Mais Social.

“Com esses cartões, as famílias terão o auxílio de R$ 200 para completar a compra de alimentos, ou de material de higiene pessoal. Muitos nos questionaram do porquê de não darmos uma cesta básica em vez do cartão. E a resposta é para dar mais dignidade a elas, que vão poder escolher o que comprar, seja arroz, feijão, macarrão ou outro alimento”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.

Leia também | Vale Gás de R$ 100 é liberado e saques já podem ser feitos; saiba quem tem direito

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário