Auxílio Brasil, novo Bolsa Família, começa amanhã (17); veja valores, consulta e calendário | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
TIRA-DÚVIDAS
Auxílio Brasil, novo Bolsa Família, começa amanhã (17); veja valores, consulta e calendário
Veja o que o Governo já divulgou sobre este novo programa de transferência de renda
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 16 de novembro de 2021
Auxílio Brasil, novo Bolsa Família, começa amanhã (17); veja valores, consulta e calendário
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Milhões de famílias de todo o País que recebiam Bolsa Família devem começar a receber o Auxílio Brasil nesta quarta-feira (17). Por isso, a procura por informações como valores, calendário de pagamento e consulta do benefício estão entre os assuntos mais pesquisados dos últimos dias.

Leia também | Vale Gás permanente no Ceará começa a ser entregue em dezembro; veja datas e quem tem direito

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Diante disso, o GCMAIS separou algumas novidades que foram divulgadas pela Caixa Econômica Federal e pelo Governo Federal nos últimos meses. Confira, a seguir, o que já se sabe sobre o Auxílio Brasil.

Qual o valor do Auxílio Brasil?

Atualmente, o Governo ainda discute detalhes sobre este pagamento, já que é preciso criar um espaço orçamentário e garantir o prometido reajuste. Porém, algumas definições já foram divulgadas pela equipe econômica e social de Brasília.

Neste primeiro pagamento, em novembro, o valor que era pago no Bolsa Família será reajustado em 17,84%. Com isso, o benefício deve entregar uma quantia média de R$ 218.

Posteriormente, o valor deve subir para os R$ 400 que foram anunciados pelo presidente Jair Bolsonaro. Porém, o governo espera que a PEC dos Precatórios seja aprovada, criando um espaço no Orçamento. Hoje, o texto está no Senado.

Leia também | Camilo anuncia sete concursos públicos no Ceará até fim de 2022

Qual o calendário do novo Bolsa Família?

Nesta terça-feira (16), a Caixa Econômica Federal confirmou que o calendário do Auxílio Brasil nos próximos dois meses será o mesmo que já era usado para o Bolsa Família. Ou seja, os pagamentos acontecerão nos dez últimos dias úteis de cada mês. Além disso, eles seguirão o algarismo final do Número de Identificação Social (NIS) do beneficiário.

Esse calendário já havia sido antecipado anteriormente pelo Ministério da Cidadania. A seguir, confira o cronograma de pagamento do Auxílio Brasil para novembro e dezembro.

Calendário de novembro do Auxílio Brasil

  • NIS final 1: 17 de novembro de 2021;
  • NIS final 2: 18 de novembro de 2021;
  • NIS final 3: 19 de novembro de 2021;
  • NIS final 4: 22 de novembro de 2021;
  • NIS final 5: 23 de novembro de 2021;
  • NIS final 6: 24 de novembro de 2021;
  • NIS final 7: 25 de novembro de 2021;
  • NIS final 8: 26 de novembro de 2021;
  • NIS final 9: 29 de novembro de 2021;
  • NIS final 0: 30 de novembro de 2021.

Datas de pagamento em dezembro

  • NIS final 1: 10 de dezembro de 2021;
  • NIS final 2: 13 de dezembro de 2021;
  • NIS final 3: 14 de dezembro de 2021;
  • NIS final 4: 15 de dezembro de 2021;
  • NIS final 5: 16 de dezembro de 2021;
  • NIS final 6: 17 de dezembro de 2021;
  • NIS final 7: 20 de dezembro de 2021;
  • NIS final 8: 21 de dezembro de 2021;
  • NIS final 9: 22 de dezembro de 2021;
  • NIS final 0: 23 de dezembro de 2021.

Leia também | 1 ano do Pix: sistema já é usado por 60% da população brasileira

Como consultar o Auxílio Brasil?

A Caixa Econômica Federal divulgou, também nesta terça, que a consulta do novo Bolsa Família será feita por meio do aplicativo Caixa Tem ou pelo app do próprio Auxílio Brasil.

“Todos os beneficiários do Auxílio Brasil podem, pelo Caixa Tem, consultar o benefício, as parcelas. Isso é uma novidade. Nós não tínhamos antes para o Auxílio Emergencial”, afirmou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Saiba mais | Auxílio Brasil: beneficiário pode consultar parcelas por aplicativo da Caixa

Quem tem ao novo Bolsa Família?

Assim como o Bolsa Família, o Auxílio Brasil é um programa pensado para famílias que estão em situação de pobreza ou extrema pobreza. Com isso, os contemplados com o novo programa de transferência de renda são:

  • Pessoas com renda familiar mensal de até R$ 100 por pessoa
  • Pessoas com renda familiar mensal de no máximo R$ 200 por pessoa

É importante lembrar que a inscrição no CadÚnico do Governo Federal é um pré-requisito para o benefício.

Leia também | Auxílio Brasil: inscritos no CadÚnico serão selecionados todos os meses para receber o benefício

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário