Saiba quando começa o calendário do PIS/Pasep 2022, valores e quem tem direito | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
DINHEIRO EXTRA
Saiba quando começa o calendário do PIS/Pasep 2022, valores e quem tem direito
Quem tiver trabalhado os 12 meses completos em 2020 terá direito ao valor completo
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 20 de novembro de 2021
Saiba quando começa o calendário do PIS/Pasep 2022, valores e quem tem direito
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Apesar de ainda não ter sido divulgado oficialmente, o calendário de pagamentos do PIS/PASEP de 2022 deve ter início em janeiro do próximo ano. Recentemente, o projeto de lei orçamentária para o próximo ano, enviado pelo governo ao Congresso Nacional, prevê o salário mínimo em R$ 1.192. Caso o valor seja confirmado, o benefício deve sofrer ajustes.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O PIS/PASEP é influenciado pelo piso nacional em vigência. Com isso, quem tiver trabalhado os 12 meses completos em 2020 terá direito ao valor completo.

Nos últimos anos, o benefício trabalhista começava a ser pago no segundo semestre de cada ano e terminava no primeiro semestre do ano seguinte, obedecendo ao mês de nascimento do trabalhador, no caso do PIS, ou o dígito final da inscrição do servidor público, no caso do Pasep. Agora, o pagamento só começará no primeiro semestre do exercício fiscal seguinte.

Segundo o Ministério da Economia, a mudança foi necessária para evitar o descumprimento de regras contábeis e financeiras, impedindo que despesas fossem divididas em dois anos. O órgão afirma que a medida não teve objetivo fiscal, no entanto, o adiamento resultará na economia de R$ 7,45 bilhões neste ano.

Qual o valor do PIS/PASEP 2022?

Se o salário de 2022 for reajustado em R$ 1.192, o abono salarial PIS/Pasep será pago tendo como base esse valor. A seguir, confira o valor que cada trabalhador deve receber de acordo com os meses trabalhados em 2021.

  • 1 mês: R$ 99,33
  • 2 meses: R$ 198,66
  • 3 meses: R$ 298,00
  • 4 meses: R$ 397,33
  • 5 meses: R$ 496,33
  • 6 meses: R$ 596,00
  • 7 meses: R$ 695,33
  • 8 meses: R$ 794,66
  • 9 meses: R$ 894,00
  • 10 meses: R$ 999,33
  • 11 meses: R$ 1.092,66
  • 12 meses: R$ 1.192,00

Leia também | Saque de R$ 1.100 do FGTS: saiba como vai funcionar em 2021

Quem pode receber o benefício?

O Programa de Integração Social (PIS) é pago para trabalhadores de empresas privadas e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) é pago para servidores públicos. Para receber o valor, os funcionários devem estar enquadrados em alguns critérios.

– Cadastro no PIS/PASEP por pelo menos cinco anos

– Ter trabalhado por, pelo menos, 30 dias (consecutivos ou não) no ano base

– Ter sido remunerado com até dois salários mínimos no ano base

– Estar com os dados atualizados na Relação de Informações Sociais (RAIS)/eSocial.

Os trabalhadores do PIS recebem o valor do abono pela Caixa Econômica Federal e os trabalhadores do PASEP recebem pelo Banco do Brasil.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

 


Deixe seu comentário