Abono PIS/Pasep começa em janeiro e pode ser pago em dobro; entenda | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
BENEFÍCIO
Abono PIS/Pasep começa em janeiro e pode ser pago em dobro; entenda
Codefat definiu que os pagamentos do PIS/Pasep vão começar em janeiro de 2022
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 22 de novembro de 2021
Abono PIS/Pasep começa em janeiro e pode ser pago em dobro; entenda
A liberação do PIS/Pasep já vinha sendo aguardada desde julho. Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Está confirmado: o abono salarial do PIS/Pasep começará a ser liberado para o trabalhador a partir de janeiro de 2022. A medida foi oficializada por meio da Resolução 891/2021 do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). Em seu artigo 3º paragrafo 2º, o documento diz que os valores do Abono Salarial serão “pagos de janeiro a dezembro de cada exercício, aos trabalhadores identificados com base em informações prestadas pelos empregadores, no ano anterior”.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

A liberação do PIS/Pasep já vinha sendo aguardada desde julho, que é o tradicional mês de pagamentos, mas acabou adiada em função de de uma decisão do Codefat, que é órgão responsável por gerir os fundos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) e faz a gestão do seguro-desemprego e abono salarial do PIS/Pasep.

Leia também | Auxílio Brasil: veja pagamentos desta semana

O cronograma de repasses estabelece que o abono do PIS/Pasep deva ser pago no mês de aniversário do trabalhador. Dessa forma, aniversariantes de janeiro recebem em janeiro, e daí sucessivamente até dezembro.

O novo calendário de pagamentos será disponibilizado pelo Codefat em janeiro de 2022 e correrá entre os meses de janeiro e dezembro.

PIS/Pasep: Abono salarial em dobro

Também está previsto para 2022, e atualmente em análise pelo Governo Federal, o pagamento do abono salarial em dobro. Uma realidade que se tornou possível porque o PIS/Pasep que será pago no ano que vem diz respeito aqueles que trabalharam em 2020 e 2021.

A regra do abono salarial estabelece que o benefício é pago no ano seguinte ao exercido pelos trabalhadores, ou seja, quem trabalhou de carteira assinada em 2021 deverá receber em 2022.

Leia também | Emprego: Sine Municipal oferta 506 vagas de trabalho em Fortaleza

Assim, para o ano que vem temos o abono adiado, ou seja, ano-base 2020 que deveria ter sido pago este ano e o abono ano-base 2021 já previsto para o ano que vem.

Dessa forma, os trabalhadores que se encaixam nas regras do benefício para recebimento do benefício ano-base 2020 e 2021 podem ter acesso a dois abonos do PIS/Pasep de uma vez.

Valor do abono salarial

O abono salarial paga o valor de um salário mínimo para os trabalhadores, a depender de quantos meses foram trabalhados no ano calendário. Assim, quem trabalhou o ano todo recebe um salário já quem trabalhou menos recebe proporcional.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Com a possibilidade do benefício vir dobrado em 2022,  muitos trabalhadores podem receber dois salários-mínimos no ano que vem de abono. Com isso, terá acesso a dois salários os trabalhadores que exerceram atividade o ano todo em 2020 e 2021, assim, muitos podem receber uma excelente quantia de PIS/Pasep no ano que vem.


Deixe seu comentário