Saiba se você possui dinheiro esquecido em alguma conta bancária | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
BANCO CENTRAL
Saiba se você possui dinheiro esquecido em alguma conta bancária
Para fazer a consulta é preciso acessar o site do Registrato, ou do Banco Central do Brasil, na internet
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 26 de janeiro de 2022
Saiba se você possui dinheiro esquecido em alguma conta bancária
Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Pessoas físicas e jurídicas podem conferir se têm algum dinheiro esquecido a receber de bancos ou outras instituições do sistema financeiro. É que o Banco Central do Brasil lançou o serviço SVR, Sistema Valores a Receber, como parte da plataforma Registrato.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Para fazer a consulta é preciso acessar o site do Registrato, ou do Banco Central do Brasil, na internet; e, se há algum valor para ser recebido, há duas formas de resgatar: diretamente no PIX, caso a instituição tenha aderido ao sistema Registrato; ou por meio de transferência ou pagamento, com dados informados no sistema, pela pessoa que vai receber.

No Brasil, o Banco Central estima que pessoas físicas e jurídicas têm um total de R$ 8 bilhões a serem recebidos. Nesse primeiro momento, são quase R$ 4 bilhões a serem devolvidos, por alguns motivos como: contas correntes ou poupanças encerradas que ficaram com saldo disponível, tarifas cobradas indevidamente, cotas de capital e sobras de cooperativas de crédito e valores não procurados, referentes a grupos de consórcios finalizados.

Clique aqui para acessar o serviço SVR

Durante grande parte desta terça-feira (25), o site apresentava erro no acesso. Logo depois, o Banco Central publicou, na página do erro, uma mensagem explicando que “o sistema recebeu demanda acima da esperada”, o que causou “instabilidade” no site. Segundo a instituição, medidas estão sendo tomadas, “para restabelecer o funcionamento normal”.

Ao longo do ano, o Banco Central pretende ampliar a consulta para a devolução do dinheiro esquecido decorrente de tarifas ou obrigações de crédito cobradas indevidamente não previstas em termo de compromisso, contas de pagamento pré-paga e pós-paga encerradas e com saldo disponível, contas encerradas em corretoras e distribuidoras de títulos e de valores mobiliários e demais situações que resultem em valores a serem devolvidos reconhecidas pelas instituições financeiras.

Leia também | Após anúncio de R$ 8 bilhões esquecidos em bancos, site do Banco Central fica fora do ar


Deixe seu comentário