Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
INTERCÂMBIO
Canadá tem a meta de receber 400 mil imigrantes em 2021
O objetivo é compensar a falta de visitas em 2020 ocasionadas pelo coronavírus
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 27 de maio de 2021
Canadá tem a meta de receber 400 mil imigrantes em 2021
O Canadá é um pais diversificado, com muitas oportunidades e proporciona experiência para todos as pessoas. Foto: Pixabay

A pandemia da COVID-19 vem nos acompanhando por um longo período e, desde 2020, quando a doença começou a afetar o mundo inteiro, muitas pessoas tiveram que cancelar diversos planos pessoais e profissionais. Agora, com a esperança trazida pela vacinação, vários países abriram as suas fronteiras e aguardam por turistas, estudantes e todos aqueles que querem ou precisam visitar terras internacionais.

Vindo ao encontro do momento favorável de entrar em solo canadense, a TravelMate lança dois pacotes para o destino: Um com nível técnico e outro universitário. ” O pacote que é atrelado a universidade Trebas Institute é o recomendável para pessoas que tenham fluência no inglês. O melhor deste pacote é que ele abre a chance desse candidato mudar com a sua esposa, esposo, e até filhos. Todos conseguem o visto, e o intercambista, ainda é encaminhado para vagas de trabalho”, enfatiza Eduardo Heidemann, criador da TravelMate e especialista em intercâmbio.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O Canadá já divulgou que possui o objetivo de receber 400 mil imigrantes, a fim de compensar a falta de visitas em 2020 ocasionadas pelo coronavírus. O governo divulgou ainda que pretende atribuir a 90 mil imigrantes o status de residente permanente àqueles que possam ajudar no cuidado de enfermos pela doença.

O pacote de intercâmbio para o Canadá com nível técnico é mais atraente no valor, em torno de 4.995 , já é possível se organizar e tirar o intercâmbio do papel. Além disso, a instituição de ensino canadense oferecerá bolsas de estudos na modalidade técnica.

Leia também | Pedidos de cidadania europeia dobram na pandemia, diz advogada

Para ajudar o intercambista, Eduardo Heidemann, CEO e especialista da Travelmate, lista 5 passos de como realizar o seu intercâmbio com segurança, ainda este ano, para o Canadá:

1) Defina o motivo da viagem

Com o local definido, Canadá, agora é preciso determinar também o objetivo da viagem. Faça algumas perguntas a si mesmo, como: “qual é a minha intenção de ir ao Canadá?” Quero morar lá?! Vou com a minha família ou sozinho(a)?!

Estabeleça também o seu foco, se será em estudos, trabalho ou melhorias no currículo, como por exemplo, aperfeiçoamento de um segundo idioma.

Essas informações bem definidas serão imprescindíveis para que os outros passos sejam determinados. Converse com um dos atendente da Travelmate, ele te ajudará a traçar esses planos e o melhor pacote, seja o técnico ou o universitário !

2) Pesquise sobre a duração, período e instituições

Após definir os seus objetivos no Canadá, vá em busca de informações sobre as cidades do país para se informar sobre o clima, custo de vida, transportes, culinária, cultura e etc.

Essas informações podem te auxiliar na definição do período da viagem, na duração e no caso dos estudantes, na escolha de qual instituição de ensino é a melhor opção.

Leia também | Saiba como cancelar uma viagem ou pedir reembolso

3) Planeje-se financeiramente

Na sua pesquisa e planejamento, inclua também o orçamento do que você pretende investir.

É muito importante que a viagem seja tranquila para que você possa focar nos seus objetivos e não no quanto está gastando a mais e quais dívidas terá quando voltar, por isso, pesquise sobre custos de passagem, taxas, inscrições, alimentação, hospedagem e etc. Aos estudantes que pretendem ter uma experiência na América do Norte, a agência de intercâmbios TravelMate, deu uma dica para escolher bem e gastar menos. Acesse AQUI e AQUI e saiba mais.

4) Entre em contato com uma agência de intercâmbio

Com tudo em mente, é hora de buscar profissionais que consigam colocar a mão na massa e fazer com que esse sonho aconteça. Busque agências que possam te ajudar nas suas expectativas e que possuam diferenciais nos seus serviços e atendimento. E principalmente que seja: SEGURA. A Travelmate é associada da Belta (Associação que certifica a credibilidade das agências de intercâmbio brasileiras). A Travelmate tem o selo há 14 anos!

5) Comece o processo de retirar o passaporte e visto

Por fim, com tudo resolvido e definido, se informe sobre o tipo de visto que precisa tirar. A agência de intercâmbio te auxilia nessa fase, mas é importante que você se atente às solicitações, prazos, taxas e documentos.Principalmente neste momento da pandemia.

Para emitir o passaporte, reúna os documentos necessários e agende um horário para a solicitação na Polícia Federal. Mais informações são encontradas no site do Governo Federal .

Leia também | Pacotes de viagens com destino à Europa devem ficar mais caros nos próximos meses, aponta Associação

Sobre a TravelMate

Criada há 19 anos, a TravelMate tem como objetivo promover a educação internacional, por meio de vários programas de intercâmbio que atendem pessoas em todas as fases da vida. O foco está em proporcionar segurança, atendimento e suporte durante toda a vivência desse intercambista em outro país. Como única rede de franquias de intercâmbio e turismo comandada por Alexandre Argenta e Eduardo Heidemann, toda a equipe, das 50 unidades do Brasil, são treinadas regularmente para promover qualidade de vida aos que embarcam com a TravelMate e para que a experiência de trabalhar na TM seja satisfatória para todos(a). Foram mais de 25 mil vidas transformadas pela rede TravelMate, 25 mil projetos tirados do papel, e 25 mil embarques para o exterior. A rede ainda é associada da Belta – Associação das Agências de Intercâmbio do Brasil- que existe há 26 anos e é a única associação que tem como foco certificar com o Selo Belta agências confiáveis no setor de intercâmbio, por meio de um processo cuidadoso de análise financeira, técnica e ética das agências. Atualmente, as agências especializadas Selo Belta representam 75% do mercado de educação internacional.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário