Aulas presenciais da rede municipal de Fortaleza retornam dia 8 de setembro; entenda como será | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
EDUCAÇÃO
Aulas presenciais da rede municipal de Fortaleza retornam dia 8 de setembro; entenda como será
IURY FIGUEIREDO
Postado em 26 de julho de 2021
Aulas presenciais da rede municipal de Fortaleza retornam dia 8 de setembro; entenda como será
Foto: Agência Brasil

Na manhã desta segunda-feira (26), o prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), anunciou o retorno das aulas presenciais na rede municipal a partir do dia 8 de setembro deste ano. Esta retomada, porém, vai seguir um conjunto de medidas que foram especificadas pelo gestor durante uma live nas redes sociais, ao lado da secretária da Educação, Dalila Saldanha.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Leia também | Saiba quais são as regras para eventos com até 200 pessoas no Ceará

As escolas da rede municipal de educação vão funcionar em um modelo híbrido, com 50% dos estudantes em aulas presenciais e 50% em aulas remotas. Estes alunos vão se revezar semanalmente, segundo explicado pelo prefeito de Fortaleza.

Os estudantes devem voltar frequentar as escolas a partir de 8 de setembro, mas este retorno será escalonado, começando pelas crianças das séries mais iniciais e seguindo até as séries finais. Cada semana vai representar uma etapa, com a inserção de uma nova série.

O prefeito destacou, ainda, que, mesmo com o anúncio deste cronograma para a implementação do modelo híbrido, as aulas do segundo semestre da rede municipal devem começar em formato remoto, no dia 29 de julho.

Leia também | Novo decreto no Ceará: eventos com até 200 pessoas estão liberados; confira o que muda

Sarto também anunciou que a Prefeitura de Fortaleza vai realizar uma sequência de testes com os estudantes para entender o nível que eles estão e as possíveis perdas na educação durante este período de isolamento social. Entre os dias 17 e 27 de agosto, os alunos do 1º ao 9º ano vão fazer avaliações de português e matemática.

“Essa avaliação é essencial para entendermos a qualidade do que nós perdemos”, explica o prefeito. “O que nós vamos fazer é saber exatamente o que precisamos fazer para recuperar o tempo perdido”.

Diversos especialistas da área da educação afirmam que este período de aulas remotas pode ter gerado prejuízos consideráveis na formação dos estudantes, que demorarão algum tempo para se recuperar. Sobre este assunto, Sarto demonstra confiança:

“Essa perda é superada pela capacidade e vocação dos docentes e discentes. Não há que se falar em perda irreparável, porque o nosso aluno é brilhante e o nosso professor é dedicado”, afirma.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Confira o anúncio do retorno das aulas presenciais na rede municipal de Fortaleza


Deixe seu comentário