Sarto diz que se houver Réveillon em Fortaleza, passaporte vacinal será obrigatório | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
PANDEMIA
Sarto diz que se houver Réveillon em Fortaleza, passaporte vacinal será obrigatório
Um grupo de trabalho vai discutir a possibilidade da festa neste ano
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 15 de outubro de 2021
Sarto diz que se houver Réveillon em Fortaleza, passaporte vacinal será obrigatório
Foto: Reprodução / Twitter

Durante a reunião do Comitê de Combate à Covid-19 desta sexta-feira (15), a possibilidade de se realizar as festas de Réveillon em Fortaleza foi discutida e decidiu-se por montar um grupo de trabalho para tomar uma decisão sobre o assunto. Porém, caso seja dado sinal positivo para este evento, o prefeito José Sarto (PDT) já adiantou que o passaporte vacinal será obrigatório.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Leia também | Jogos de futebol poderão receber até 50% do público no Ceará; entenda

Após a reunião do Comitê, o gestor municipal usou o seu perfil nas redes sociais para falar sobre a temática do Réveillon em Fortaleza. De acordo com ele, a questão já é discutida pela Prefeitura e já foi montado um grupo para estudar propostas que garantam a segurança da população.

“Na Prefeitura de Fortaleza, estamos estudando essa possibilidade há algum tempo, observando os indicadores de saúde e o avanço da vacinação na Capital. Temos, no Município, um comitê multissetorial trabalhando propostas que garantam segurança sanitária e proporcionem à nossa população e aos turistas um momento de celebração na virada do ano”, escreveu Sarto.

Leia também | Saiba tudo sobre o 13º salário em 2021

O prefeito destacou que o evento possui uma importância econômica neste momento de retomada em Fortaleza.

“Outras Capitais já têm se adiantado sobre o assunto e sabemos que o Réveillon da nossa Cidade possui imagem consolidada nacional e internacionalmente. Essa discussão é ainda mais necessária, considerando o processo de retomada econômica e por todo o potencial para estimular os setores de comércio e serviços. O debate está aberto. Conto com esse colegiado para dialogarmos e construirmos juntos a melhor proposta”, escreveu.

Por fim, sem definir se as festas de Réveillon acontecerão ou não em Fortaleza, Sarto ressaltou que o comprovante de imunização contra a covid-19 será obrigatório. “Mas uma coisa é certa. Não abriremos mão do passaporte vacinal obrigatório. Qualquer um que deseje participar do evento, seja qual for o formato, terá de comprovar a vacinação, com ciclo completo”, escreveu o prefeito.

Leia também | Auxílio emergencial pode ser prorrogado até 2023 para Bolsa Família

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário