Frota de ônibus em Fortaleza será reforçada para o feriado da Proclamação da República | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
TRANSPORTE
Frota de ônibus em Fortaleza será reforçada para o feriado da Proclamação da República
A ampliação com 52 veículos será realizada neste dia pelas equipes nos Terminais de Integração.
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 11 de novembro de 2021
Frota de ônibus em Fortaleza será reforçada para o feriado da Proclamação da República
Foto: Prefeitura de Fortaleza

Devido ao feriado do Dia da Proclamação da República do Brasil, nesta segunda-feira (15), a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) reforçará a frota de ônibus da cidade para atender aos usuários. A ampliação com 52 veículos será realizada neste dia pelas equipes nos Terminais de Integração.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Vale ressaltar também que, em virtude da abertura do comércio e da realização das provas do Vestibular da Universidade Estadual do Ceará (Uece) nesse período, a programação do transporte público terá como base a frota adotada aos sábados.

Passagem de ônibus mais cara

A passagem dos ônibus urbanos podem sofrer um aumento de até 50% do valor atual. Este foi o alerta publicado pela Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) em uma nota na última quarta-feira (10).

Leia também | INSS: 4,6 mil cearenses podem ter pagamento bloqueado; saiba como evitar

De acordo com a entidade, o motivo do aumento nas passagens de ônibus são os prejuízos que estão sendo registrados pelas empresas desde o início da pandemia. A estimativa é de que o valor dos custos já chega aos R$ 21,37 bilhões, somados desde março do ano passado. Isso acontece porque os ônibus precisaram continuar circulando mesmo com a redução drástica no número de passageiros por conta do isolamento social.

“Esse prejuízo já fez com que 52 empresas suspendessem a prestação dos serviços ou permanecessem sob intervenção ou recuperação judicial, até o momento”, diz a nota da NTU.

A associação também alerta sobre a necessidade de investimento do poder público para evitar que este aumento aconteça e prejudique a população.

“A NTU adverte que a falta de políticas de apoio ao setor, principalmente por parte do governo federal, e a manutenção das atuais regras dos contratos de concessão podem levar a um aumento de pelo menos 50% nos preços das tarifas de ônibus em todo o país a partir de janeiro do ano que vem, quando começam as revisões tarifárias previstas em contrato”, diz o texto.

Leia também | Auxílio Brasil: veja datas de pagamento em 2021

Em todo o Brasil, mais de 87.497 postos de trabalho nesta área foram encerrados no período entre janeiro de 2020 e setembro de 2022. A NTU alerta para a possibilidade de que diversas greves sejam intensificadas no ano que vem caso não sejam tomadas providências. Ela adverte, ainda, que o aumento no preço da passagem dos ônibus pode gerar mobilizações sociais como as que foram registradas anos atrás.

“Se mantida a prática de transferir ao passageiro a responsabilidade de custear sozinho o transporte coletivo, adotada na maioria dos contratos em vigor no país, podemos esperar no próximo ano uma alta de R$ 2,00 na tarifa ou mais, com consequências imprevisíveis, e não de R$ 0,20, como a que deflagrou os protestos populares de 2013”, alerta a nota da entidade.

Leia também | Como vai funcionar o Auxílio Brasil de R$ 400? Saiba os detalhes

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário