Começa pagamento de beneficiadas do Programa Nossas Guerreiras; saiba como se inscrever | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
ECONOMIA
Começa pagamento de beneficiadas do Programa Nossas Guerreiras; saiba como se inscrever
Para participar, é necessário ser maior de 18 anos, prioritariamente chefe de família
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 21 de janeiro de 2022
Começa pagamento de beneficiadas do Programa Nossas Guerreiras; saiba como se inscrever
Foto: Divulgação/CmFor

O pagamento das primeiras beneficiadas do Nossas Guerreiras foi iniciado pela Prefeitura de Fortaleza. O programa tem o objetivo de fornecer crédito de até R$ 3 mil para 17 mil mulheres da capital cearense. Para participar, é necessário ser maior de 18 anos, prioritariamente chefe de família.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Pagamento do Programa Nossas Guerreiras

Para participar é preciso ser hipossuficiente em renda e não ter sido beneficiada com recursos em edições de programas ou projetos similares da Prefeitura. Além disso, o empreendimento deve estar localizado em Fortaleza, preferencialmente, em bairros de baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-b), informa a gestão municipal.

O programa ainda está com inscrições abertas, no site Nossas Guerreiras. Para se inscrever é preciso, primeiro, ter feito o curso “Elaboração de Proposta de Negócios“, que é gratuito e tem duração de 8h/a, realizado em formato on-line ou presencial.

No Programa, serão investidos cerca de R$ 55 milhões em parceria entre Prefeitura e Estado, por meio do Programa Juntos por Fortaleza, de acordo com a Prefeitura de Fortaleza.

Leia mais | Prefeitura de Fortaleza abre inscrições para capacitação do Programa Nossas Guerreiras

Curso preparatório

A Prefeitura de Fortaleza iniciou em dezembro de 2021 as inscrições para o curso “Elaboração de Proposta de Negócios”, pré-requisito do Programa Nossas Guerreiras.

Aprovado pela Câmara Municipal de Fortaleza, o programa Nossas Guerreiras faz parte do plano de retomada econômica da gestão do prefeito Sarto Nogueira e é considerado um estímulo ao empreendedorismo feminino por meio de capacitação, consultoria técnica e acesso ao microcrédito.

Sob a coordenação pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, o programa irá fornecer crédito orientado de até R$ 3 mil para 17 mil mulheres de baixa renda, maiores de 18 anos, prioritariamente chefes de família e que desejem empreender.


Deixe seu comentário