Prefeitura de Fortaleza espera vacinar 20 mil crianças de 5 a 11 anos até o próximo domingo (23) | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
CAMPANHA DE VACINAÇÃO
Prefeitura de Fortaleza espera vacinar 20 mil crianças de 5 a 11 anos até o próximo domingo (23)
Até esta quinta-feira, mais de 5 mil crianças de 5 a 11 anos foram vacinadas na Capital
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 21 de janeiro de 2022
Prefeitura de Fortaleza espera vacinar 20 mil crianças de 5 a 11 anos até o próximo domingo (23)
Foto: Prefeitura de Fortaleza

O primeiro balanço da vacinação de crianças de 5 a 11 anos em Fortaleza aponta que um total de 5.243 doses contra a Covid-19 nos primeiros seis dias da campanha, entre 15 e 20 de janeiro de 2022. Nesse período, a gestão municipal informou ter recebido 28.960 doses e agendado um total de 11.080 crianças de 5 a 11 anos agendadas.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Agora, a expectativa da Prefeitura de Fortaleza é atender, entre sexta-feira (21) e domingo (23), cerca de 15 mil crianças por agendamento, além das que faltaram à primeira convocação, que serão acolhidas na primeira repescagem infantil. Se a meta for cumprida, a capital cearense terá vacinado 20 mil crianças nessa faixa etária.

Entre os agendados para o fim de semana, estão 2.863 crianças com comorbidades e/ou deficiências permanentes na faixa de 5 a 11 anos, que tenham indicado a condição no ato do cadastro na plataforma Saúde Digital.

A aplicação da vacina em crianças está ocorrendo, exclusivamente, por agendamento (em listas divulgadas no portal de vacinação da Fortaleza), em ordem decrescente de idade, iniciando com os de 11 anos e alcançando, nesses dias, os que possuem 10 anos.

Nova chance para crianças de 5 a 11 anos que faltaram ao agendamento em Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza realizará uma repescagem neste fim de semana, no sábado (22) e domingo (23), com uma nova oportunidade para as crianças de 5 a 11 anos que faltaram à data do agendamento da vacina contra a Covid-19.

Neste sábado (22), a repescagem da vacina para crianças ocorrerá no Centro de Eventos do Ceará, com horário de atendimento de 9h às 17h, além de em mais quatro postos de saúde de Fortaleza, no horário de 9h às 16h. Já no domingo (23), o atendimento será no Centro de Eventos.

Leia também | Ceará terá mais 5 centros de testagem para Covid-19 a partir de segunda (24); total de pontos chega a 25

Além da repescagem, a Prefeitura de Fortaleza atenderá também, ao longo do fim de semana, novos agendamentos para o público infantil. Ao se dirigir a um local de vacinação, as pessoas precisam estar portando um documento original com foto e comprovante de residência.

A imunização do público infantil teve início no dia 15 de janeiro em Fortaleza, obedecendo à ordem decrescente de idade, iniciando pelos de 11 anos, conforme determinado pelo Ministério da Saúde e Governo do Estado. Na ocasião, houve também a entrega do “Certificado de Coragem” pelas mãos do prefeito José Sarto e dos vacinadores, como uma homenagem aos pequenos que receberam a primeira dose pediátrica da marca Pfizer.

Confira os locais de atendimento da repescagem infantil:

Sábado (22)

Centro de Eventos do Ceará (Av. Washington Soares, 999 – Edson Queiroz)
Posto de Saúde Casemiro Filho (Av. Francisco Sá, 6449 – Barra do Ceará)
Posto de Saúde José Paracampos (Rua Alfredo Mamede, 250 – Mondubim)
Posto de Saúde Regina Maria da Silva Severino (Rua Itatiaia, 889 – Canindezinho)
Posto de Saúde Edmar Fujita (Av. Alberto Craveiro,1480 – Boa Vista)

Domingo (23)

Centro de Eventos do Ceará (Av. Washington Soares, 999 – Edson Queiroz)

Crianças com comorbidades ou deficiência permanente

A Prefeitura de Fortaleza inicia neste sábado (22), vacinação de crianças de 5 a 11 de idade com comorbidades e/ou deficiências permanentes, que tenham indicado a condição no ato do cadastro na plataforma Saúde Digital. A nova etapa irá ocorrer simultaneamente à vacinação de crianças por idade.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Os agendados terão que apresentar, além dos documentos de identificação, o atestado, relatório ou prescrição médica indicando o motivo para a priorização da vacina. Será necessário levar a cópia do documento comprobatório da comorbidade ou deficiência permanente para ser entregue aos vacinadores no ato da aplicação.

Os pacientes assistidos na Rede de Atenção Primária do Município (postos de saúde) e Psicossocial (CAPS) de Fortaleza podem apresentar a cópia impressa do Registro Eletrônico de Atendimento, com a estratificação de risco caracterizando a presença da comorbidade ou deficiência da criança.


Deixe seu comentário