Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
INTERNACIONAL
Biden anuncia a doação de vacinas contra covid-19; Brasil será beneficiado
O governo dos Estados Unidos deve distribuir, pelo menos, 80 milhões de doses de imunizantes pelo mundo até o final de julho
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 3 de junho de 2021
Biden anuncia a doação de vacinas contra covid-19; Brasil será beneficiado
Foto: Reprodução / Twitter

O presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, anunciou na quinta-feira (3) os detalhes do plano de doação de doses de vacinas contra covid-19. Serão distribuídas, pelo menos, 80 milhões de doses de imunizantes pelo mundo até o final de julho. O Brasil deve ser um dos beneficiados com esta medida.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Leia também | Senadores da CPI dizem que pronunciamento de Bolsonaro sobre vacinas veio com “atraso fatal e doloroso”

O anúncio inclui o detalhamento da primeira doação, um lote de 25 milhões. Segundo o comunicado do governo dos EUA, 75% deste montante deve ser doado para o consórcio Covax Facility, o que dá cerca de 19 milhões de doses. Os outros 25% serão entregues diretamente para os países necessitados.

“Pelo menos 75% dessas doses – quase 19 milhões – serão compartilhadas por meio da Covax, incluindo aproximadamente 6 milhões de doses para a América Latina e o Caribe, aproximadamente 7 milhões para o Sul e Sudeste Asiático e aproximadamente 5 milhões para a África, trabalhando em coordenação com a União Africana e os Centros Africanos para o Controle e Prevenção de Doenças”, diz o comunicado do governo Biden.

Não foi anunciada a quantidade de doses que serão entregues ao Brasil, mas o País está na lista dos que serão beneficiados com esta medida. Argentina, Colômbia, Costa Rica, Peru, Equador, Paraguai, Bolívia, Guatemala, El Salvador, Honduras, Panamá, Haiti são alguns dos países que também devem receber os imunizantes.

Leia também | União corta 90,5% de repasses para estados e municípios durante pandemia

O consórcio Covax Facility é uma iniciativa da Organização Mundial da Saúde(OMS) que visa distribuir doses de vacinas contra covid-19 para os países pobres, na tentativa de tornar mais igualitária a vacinação. O Brasil já recebeu alguns lotes de imunizantes que vieram deste consórcio.

Leia também | Motoristas de ônibus em Fortaleza anunciam greve; paralisações podem começar na terça (8)

>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário