ONU: Bolsonaro diz pagar auxílio emergencial de US$ 800 (R$ 4.200) | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
DISCURSO
ONU: Bolsonaro diz pagar auxílio emergencial de US$ 800 (R$ 4.200)
Em 2020, o valor máximo do auxílio foi de R$ 600, o que dá US$ 223
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 21 de setembro de 2021
ONU: Bolsonaro diz pagar auxílio emergencial de US$ 800 (R$ 4.200)
Foto: Alan Santos/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, em um discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), que está pagando um auxílio emergencial de US$ 800, o que daria cerca de R$ 4.200. A fala foi feita durante o discurso de abertura da 76ª edição do evento nesta terça-feira (21), em Nova York, nos Estados Unidos.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Leia também | Auxílio emergencial cancelado? Entenda os motivos

Durante a sua fala, o presidente afirmou que, por conta da crise causada pela pandemia de covid-19, 68 milhões de brasileiros receberam o auxílio emergencial de US$ 800.

“No Brasil, para atender aqueles mais humildes, obrigados a ficar em casa por decisão de governadores e prefeitos e que perderam sua renda, concedemos um auxílio emergencial de US$ 800 para 68 milhões de pessoas em 2020”, afirmou.

Leia também | Caixa disponibiliza empréstimo de até R$ 100 mil para negativados; saiba como solicitar

Porém, em 2020, quando o programa foi lançado, o valor máximo do benefício era de R$ 1.200, pago para mães solo, o equivalente a cerca de US$ 223 na atual cotação. O valor médio do auxílio emergencial, na ocasião, era de R$ 600, o que seria cerca de US$ 113.

Nas redes sociais, a declaração do presidente foi motivo de questionamentos:

Auxílio emergencial de US$ 800 existe?

Acredita-se que, em seu discurso, o presidente pode ter feito o seguinte cálculo: para garantir o auxílio emergencial, o governo pagou R$ 293,1 bilhões para 68 milhões de pessoas durante o ano de 2020. Em média, este valor dá R$ 4,3 mil por família contemplada, o que é próximo do valor que Bolsonaro apresentou para a ONU.

Mesmo assim, o presidente não chegou a explicitar que estava se referindo ao somatório do pagamento e não ao valor mensal do benefício.

Leia também | Auxílio emergencial: começa hoje (21) pagamento da 6ª parcela; confira o calendário

Assista ao discurso de Bolsonaro na ONU


>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Leia também | Auxílio Brasil: veja novidades sobre novo Bolsa Família


Deixe seu comentário