Após pagar salário de funcionário com 91,5 mil moedas, homem é processado | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
MUNDO
Após pagar salário de funcionário com 91,5 mil moedas, homem é processado
Detalhe: elas estavam cobertas de óleo e ainda vieram acompanhadas por um contracheque assinado pelo patrão com um palavrão.
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 9 de janeiro de 2022
Após pagar salário de funcionário com 91,5 mil moedas, homem é processado
Foto: Pexels

O que você faria se recebesse o seu salário todo em moedas? Bom, antes de tudo, vale ressaltar que moeda também é dinheiro. Por isso, o dono de uma oficina mecânica nos Estados Unidos resolveu pagar um de seus funcionários em moedas. Ao todo, foram 91,5 mil moedas. Detalhe: elas estavam cobertas de óleo e ainda vieram acompanhadas por um contracheque assinado pelo patrão com um palavrão.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Salário com moedas e processo trabalhista

Essa história inusitada fez com que o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos abrisse um processo contra o dono da oficina. De acordo com o pedido da ação, o funcionário deve ser indenizado em US$ 36.971,00, o equivalente a R$ 208.154,12.

O profissional alega que, após fazer o seu pedido de demissão, houve atraso no pagamento de salários, horas extras não contabilizadas, falta de registro do trabalhador e outros danos. O departamento afirma ainda que o funcionário sofreu retaliação após denunciar o patrão e não recebeu seu salário final.

Leia também | INSS vai priorizar atendimento em cidades atingidas por chuvas na BA

Entra em vigor o novo salário mínimo de R$ 1.212

Começa a valer, a partir deste sábado (1º), primeiro dia do ano de 2022, o novo valor do salário mínimo no Brasil, que passa a ser de R$ 1.212 por mês. A mudança foi oficializada ontem (31), último dia de 2021, por meio de uma medida provisória (MP) assinada pelo presidente Jair Bolsonaro.

O novo valor considera a correção monetária pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC) de janeiro a novembro de 2021 e a projeção de inflação de dezembro de 2021, estimada pela área técnica do Ministério da Economia. No total, o aumento será de 10,18% em relação ao valor anterior, que era de R$ 1.100.

Os estados também podem ter salários mínimos locais e pisos salariais por categoria maiores do que o valor fixado pelo governo federal, desde que não sejam inferiores ao valor do piso nacional.

Novo salário

O novo mínimo altera o valor de cálculo de benefícios previdenciários, sociais e trabalhistas. No caso das aposentadorias e pensões por morte ou auxílio-doença, os valores deverão ser atualizados com base no novo mínimo. O mesmo vale para o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que corresponde a um salário mínimo e é pago a idosos a partir de 65 anos e pessoas com deficiência de baixa renda.

Cálculos das contribuições dos trabalhadores ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) também serão reajustados. Uma portaria do Ministério da Economia deverá ser publicada, nos próximos dias, com a oficialização dos novos valores.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário