Maio terá primeiro eclipse lunar total do ano; fenômeno poderá ser visto de todo o país | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
FENÔMENO ESPACIAL
Maio terá primeiro eclipse lunar total do ano; fenômeno poderá ser visto de todo o país
Além do Brasil, o fenômeno poderá ser visto em quase toda a América do Sul e em algumas regiões das América do Norte, África e Europa
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 2 de maio de 2022
Maio terá primeiro eclipse lunar total do ano; fenômeno poderá ser visto de todo o país
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O primeiro eclipse lunar total de 2022 tem data prevista para os dias 15 e 16 de maio. O evento astronômico deve começar às 22h32, atingir seu ápice às 01h11 e terminar às 3h51.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Segundo o site Time and Date, além do Brasil, o fenômeno poderá ser visto em quase toda a América do Sul e em algumas regiões das América do Norte, África e Europa.

A lua pode aparentar 7% maior e ter uma coloração vermelha, devido ao fenômeno chamado de “dispersão de Rayleigh”. “Durante um eclipse lunar, a Lua fica vermelha porque a única luz solar que atinge a Lua passa pela atmosfera da Terra. Quanto mais poeira ou nuvens na atmosfera da Terra durante o eclipse, mais vermelha a Lua aparecerá. É como se todos os amanheceres e entardeceres do mundo fossem projetados na Lua”, explicou a Nasa em seu site.

Como ocorre um eclipse lunar?

Sempre que a Lua está em fase cheia, iluminada pelos raios solares, e se move em direção à sombra da Terra, alinhando-se com o Sol, fica ocultada pela sombra do planeta, o que pode ocorrer parcialmente ou, como neste caso, totalmente.

Leia também | Fortaleza registra o abril mais chuvoso dos últimos 13 anos, aponta INMET

A duração do fenômenos astronômico pode ser de até duas horas. Ao contrário do eclipse solar, que só pode ser visto de uma área relativamente pequena do mundo, um eclipse lunar pode ser visto de qualquer lugar do lado noturno da Terra.

Um eclipse lunar total ocorre quando a Terra bloqueia toda a luz do Sol, que passa a não alcançar a Lua, que é encoberta pela sombra que a Terra projeta no espaço.

Ainda em 2022, ocorrerá um segundo eclipse lunar total, no dia 8 de novembro.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário