Madison Cawthorn, político dos EUA contrário aos direitos LGBTQIA+, tem vídeo íntimo com outro homem vazado | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
INTERNACIONAL
Madison Cawthorn, político dos EUA contrário aos direitos LGBTQIA+, tem vídeo íntimo com outro homem vazado
O político conservador sempre se colocou abertamente contrário aos direitos da população LGBTQIA+
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 6 de maio de 2022
Madison Cawthorn, político dos EUA contrário aos direitos LGBTQIA+, tem vídeo íntimo com outro homem vazado
Foto: Reprodução/Facebook

Um vídeo que circula nas redes sociais e que viralizou nos Estados Unidos, atribuído ao deputado norte-americano Madison Cawthorn, mostra um homem nu junto com outro homem em uma cama. O político conservador sempre se colocou abertamente contrário aos direitos da população LGBTQIA+. Ele não negou a autenticidade da mídia, que veio à tona durante esta semana.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O novato político de 26 anos classificou nesta quinta-feira (5) o lançamento do vídeo como um “golpe” e “chantagem” contra ele e disse que o mostrava brincando com um amigo anos atrás.

“Um novo golpe contra mim acabou de cair. Anos atrás, neste vídeo, eu estava sendo grosseiro com um amigo, tentando ser engraçado. Estávamos agindo como tolos e brincando. É isso”, twittou Cawthorn.

Recentemente, o parlamentar irritou os colegas congressistas ao afirmar em um podcast que pessoas em Washington o convidaram para participar de orgias e usaram cocaína na frente dele.

O jovem deputado já esteve na casa de férias do líder nazista Adolf Hitler. Em uma postagem no Instagram, Madison Cawthorn escreveu que a visita estava em sua “lista de desejos por algum tempo” e “não decepcionou”.

Leia também| Postos devem exibir preço de combustíveis com duas casas decimais a partir de sábado (7)

Cawthorn foi apoiado por Donald Trump em 2020 a caminho do Congresso. Como o membro mais jovem do Congresso, ele adotou o estilo agressivo do ex-presidente e conquistou seu endosso à reeleição em 2022.

Mas uma pesquisa realizada para o Fundo Eleitoral Republicano GOPAC mostrou que a liderança de Cawthorn entre os prováveis ​​eleitores nas primárias caiu para 38% no final de abril, de 49% em março. A pesquisa tem uma margem de erro de 4,9%.

>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário