Governo do Maranhão multa Bolsonaro por não usar máscaras e provocar aglomeração no estado | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
INFRAÇÃO SANITÁRIA
Governo do Maranhão multa Bolsonaro por não usar máscaras e provocar aglomeração no estado
O presidente da república cumprimentou apoiadores que ficaram aglomerados em uma grade de proteção, que foi colocada no local.
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 21 de maio de 2021
Governo do Maranhão multa Bolsonaro por não usar máscaras e provocar aglomeração no estado
Bolsonaro fará entrega de programa habitacional. Foto: ISAC NÓBREGA/PR

A Superintendência de Vigilância Sanitária (Suvisa) do Governo do Maranhão multou nesta sexta-feira (21) o presidente da república Jair Bolsonaro por provocar aglomerações e não usar máscara durante o evento de entrega de títulos de propriedade rural em Açailândia-MA.

Na ocasião, o chefe do executivo nacional se aproximou do público e cumprimentou apoiadores que ficaram aglomerados em uma grade de proteção, que foi colocada no local.

>>>Acompanhe a TV Cidade Fortaleza no YouTube<<<

A punição foi efetuada por infração sanitária em meio à pandemia de covid-19. O valor da multa não foi divulgado, porque será definido após apresentação da defesa, que tem 15 dias para se manifestar.

O documento que notifica o presidente afirma que ele descumpriu a “obrigação de uso de máscara como medida farmacológica destinada a contribuir para a contenção e prevenção da Covid-19 em locais de uso coletivo, ainda que privados”, e reforça que Bolsonaro “promoveu em evento da Presidência da República, aglomerações sem controle sanitário com mais de 100 pessoas”.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

No Maranhão, o governador Flávio Gomes estabeleceu, em setembro de 2020, regras para a contenção da pandemia do novo coronavírus no estado, o que inclui distanciamento social e a utilização de máscaras.


Deixe seu comentário