Investigações que apuram disparos em sepultamento resultam em três prisões | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
PRISÃO
Investigações que apuram disparos em sepultamento resultam em três prisões
A ação resultou nas prisões de três pessoas, nas apreensões de duas armas de fogo, munições de vários calibres, carregadores de pistola e entorpecentes (crack e cocaína).
Batista Santos
Postado em 22 de junho de 2021
Investigações que apuram disparos em sepultamento resultam em três prisões
Foto: Divulgação / PMCE

Após vídeos divulgados em redes sociais, nos quais indivíduos efetuam disparos de arma de fogo durante um sepultamento ocorrido no último fim de semana, a Polícia Militar do Ceará deflagrou, na última segunda-feira (21), uma operação na localidade de Boa Vista dos Valentins, distrito de Maranguape, na região metropolitana de Fortaleza. A ação resultou nas prisões de três pessoas, nas apreensões de duas armas de fogo, munições de vários calibres, carregadores de pistola e entorpecentes (crack e cocaína).

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Na manhã de segunda-feira, a Polícia prenderam Rodrigo Feitosa da Cunha (27). Com ele que já possui antecedentes por roubo, foi apreendido um revólver calibre 32 com cinco munições intactas.

A Polícia também prendeu José Gilailson Bernardino de Moura (45), com antecedentes por praticar vias de fato contra alguém; e Iraclécia Bernardino de Moura (38), sem passagem pela Polícia. Com eles, foram apreendidas uma pistola calibre .40, com numeração raspada, munições de calibres 12 e .40, além de carregadores de pistola, uma quantidade de crack e cocaína e dinheiro em espécie.

Os suspeitos e o material apreendido foram apresentados à Delegacia Metropolitana de Maranguape, onde Rodrigo Feitosa foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo. Já José Gilailson e Iraclécia Bernardino foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) investiga se o trio tem envolvimento com os disparos de arma de fogo registrados no sepultamento.

De acordo com informações policiais, o enterro era de um homem de 22 anos, com antecedentes criminais por homicídio, associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e uso restrito. Na sexta-feira (18), ele foi visto efetuando disparos de arma de fogo em via pública. Momentos depois, o homem tentou roubar um policial militar de folga, no bairro Novo Parque Iracema, em Maranguape. O indivíduo passou a efetuar disparos na direção do PM, que revidou na tentativa de repelir a agressão.

>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Na ocasião, o suspeito, que usava tornozeleira eletrôncia, foi atingido. O policial apreendeu uma pistola calibre .380, que estava com ele, e se deslocou ao plantão da Delegacia Metropolitana de Maracanaú (DMM), onde prestou depoimento e apresentou a arma recolhida na ocorrência. O caso foi transferido para a Delegacia Metropolitana de Maranguape, que está a cargo das investigações.

 


Deixe seu comentário