Suspeito de estuprar adolescente em terreno baldio de Fortaleza é preso | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
POLÍCIA
Suspeito de estuprar adolescente em terreno baldio de Fortaleza é preso
A jovem estava caminhando em uma rua do bairro Sapiranga quando foi ameaçada e levada para o local do crime
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 22 de novembro de 2021
Suspeito de estuprar adolescente em terreno baldio de Fortaleza é preso
Foto: Divulgação / SSPDS

Na tarde do último domingo (21), agentes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) prenderam em flagrante um homem de 44 anos que é suspeito de estuprar uma adolescente de 14 anos. O crime e a prisão aconteceram no bairro Sapiranga, em Fortaleza.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Leia também | Vale Gás permanente no Ceará começa a ser entregue em dezembro; veja datas e quem tem direito

De acordo com as investigações da Polícia, a adolescente estava caminhando em uma rua da região quando foi abordada e ameaçada pelo suspeito. O homem teria usado um objeto perfurocortante para forçá-la a ir até um terreno baldio, onde ele realizou o crime.

Policiais militares que patrulhavam a região foram acionados e realizaram a prisão. Os agentes de segurança descobriram que o suspeito de estuprar a adolescente já possui antecedentes por furto qualificado e porte ilegal de arma de fogo.

Ele foi levado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza, unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) que é especializada em crimes contra mulheres. Lá, o homem foi autuado em flagrante por estupro. Já a adolescente realizou exames na Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

Leia também | Incêndio no Parque do Cocó: pesquisadores da UFC iniciam perícia para avaliar impactos e identificar responsáveis

Quem tiver mais informações sobre este crime ou outros que tenham sido cometidos pelo suspeito, pode realizar denúncias por meio do número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp. Além disso, também é possível entrar em contato com a Delegacia de Defesa da Mulher por meio do telefone (85) 3108-2950.

Leia também | Corpo de Bombeiros confirma que incêndio no Parque do Cocó foi criminoso


Deixe seu comentário