Suspeito de matar escrivão da Polícia Civil em Caucaia é preso | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
PRISÃO
Suspeito de matar escrivão da Polícia Civil em Caucaia é preso
Michael da Costa de Queiroz, de 18 anos, foi capturado na mesma região onde ocorreu o crime
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 10 de janeiro de 2022
Suspeito de matar escrivão da Polícia Civil em Caucaia é preso
Foto: Divulgação / Polícia Civil

A 11ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Ceará prendeu em flagrante, nesse domingo (9), um dos suspeitos de matar um escrivão de Polícia Civil, no último sábado (8), em Caucaia.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Michael da Costa de Queiroz, de 18 anos, foi capturado na mesma região onde ocorreu o crime. Assim que a Polícia tomou conhecimento sobre a morte do escrivão, identificado como Edson Silva Macedo (41) e que era lotado no 20º Distrito Policial (DP), os investigadores continuaram com as buscas para capturar os autores do crime.

Segundo informações, o escrivão trocou tiros com suspeitos, após informações que um grupo estaria no interior de um imóvel desabitado que se encontrava para alugar e que pertencia ao profissional de segurança.

Com isso, os policiais civis localizaram e prenderam Michel da Costa, que também é conhecido por “Maikin”. Ele, que não reagiu à ofensiva policial, foi capturado em sua residência e conduzido à sede do DHPP. Ainda segundo levantamentos policiais, o homem é um dos envolvidos que estava dentro do imóvel. “Maikin” foi autuado em flagrante por homicídio e se está à disposição do Poder Judiciário. A Polícia continua em diligências a fim de prender os outros envolvidos que já foram identificados.

Por meio de nota, a Polícia Civil se pronunciou sobre o crime:

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) lamenta profundamente o falecimento do escrivão da PC-CE, Edson Silva Macedo, 41 anos, ocorrido, na noite deste sábado (08), no bairro Padre Maria Júlia, em Caucaia. A PCCE lastima a perda de um dos seus integrantes e se solidariza com os familiares e amigos, ao passo que reforça que o crime que vitimou o escrivão não passará impune.

Várias equipes policiais realizam diligências ininterruptas para o total esclarecimento da morte do escrivão. Edson Silva ingressou na Polícia Civil em 2018 e era lotado no 20º Distrito Policial, em Maracanaú.

A Polícia Civil reconhece os relevantes serviços prestados à sociedade cearense pelo policial civil e lamenta a partida precoce do policial que tanto contribuiu no combate a criminalidade no Ceará.

Leia também | Em 72 horas, nove pessoas são mortas em Caucaia

Denúncias sobre morte de escrivão da Polícia Civil

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o telefone (85) 3257-4807, do DHPP, que também é o WhatsApp do Departamento.

As denúncias também podem ser realizadas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário