Plataforma Não Me Perturbe tem quase dez milhões de cadastros | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
GERAL
Plataforma Não Me Perturbe tem quase dez milhões de cadastros
Mecanismo bloqueia chamadas de telemarketing
Agência Brasil
Postado em 14 de janeiro de 2022
Plataforma Não Me Perturbe tem quase dez milhões de cadastros
foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Com 9,55 milhões de números de telefone cadastrados, a plataforma Não Me Perturbe permite que as pessoas bloqueiem chamadas de empresas de telemarketing, empresas de telecom e de oferta de crédito consignado. Mas não bloqueia ligações, por exemplo, de planos de saúde ou de redes varejistas.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Segundo a Conexis Brasil Digital, que reúne as empresas de telecomunicações e de conectividade, a maior parte dos números bloqueados está no estado de São Paulo, com 4,594 milhões de números registrados. São Paulo também concentra a maior base de clientes do país, com 71,8 milhões de celulares e 10,7 milhões telefones fixos. Em segundo lugar no ranking de telefones bloqueados está Minas Gerais, com 856 mil números, seguido do Paraná com 844 mil e do Rio de Janeiro com 587 mil registros. O Distrito Federal tem a maior proporção de telefones cadastrados na plataforma, são 297 mil números cadastrados, o que representa 5,8% da base de telefones fixos e móveis do DF.

Leia também | Timemania tem novas regras para divisão de recursos entre clubes

A plataforma Não Me Perturbe, em operação desde julho de 2019, faz parte das medidas de autorregulação do setor para melhorar a relação com os consumidores. De 2019 a 2021, o número de cadastrados chegou a quase dez milhões. Apenas durante o ano de 2021 foram cadastrados mais de 2 milhões de números.

Quem quiser bloquear seus números de celular e fixo deve fazer o cadastro diretamente no site ou por meio dos Procons em todo o país. O bloqueio ocorre em até 30 dias após o cadastro no site.

Após a implementação da plataforma foi verificada uma queda de 20% nas reclamações de usuários de serviços de telecomunicações.

Leia também |Número 1 do mundo, tenista Djokovic tem visto cancelado novamente pelo governo australiano

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário