Casos de diabetes quadruplicaram em 40 anos, segundo OMS | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
ALERTA
Casos de diabetes quadruplicaram em 40 anos, segundo OMS
Em Fortaleza os pacientes podem buscar atendimento inicial nos 116 postos de saúde
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 10 de outubro de 2021
Casos de diabetes quadruplicaram em 40 anos, segundo OMS
Foto: Agência Brasil

Em reunião no primeiro semestre de 2021, a Organização Mundial da Saúde -OMS refletiu sobre o número de pessoas com diabetes quadruplicou nos últimos 40 anos. A OMS ressaltou que esta é a única doença não transmissível importante para o qual o risco de morte precoce está aumentando, em vez de diminuindo.

A diabetes é uma doença crônica e sem cura que ocorre quando há um excesso de açúcar (glicose) no sangue, ou seja, uma elevação na glicemia. Isso acontece porque as células do pâncreas não produzem insulina suficiente (diabetes tipo 1) ou porque o organismo não consegue utilizar esse hormônio da forma correta (diabetes tipo 2), informou a MedPrev.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O instituto de assistência revela ainda que a diabetes tipo 1 surge na infância ou na adolescência e tem origem familiar, não podendo ser prevenida. A diabetes tipo 2, por sua vez, corresponde a mais de 90% dos casos e atinge principalmente pessoas acima dos 45 anos. Ela também apresenta influência genética, mas seu desenvolvimento está intimamente relacionado a fatores como sobrepeso, sedentarismo e alimentação inadequada.

Segundo o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em evento pelo novo pacto global da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de metade de todos os adultos com diabetes tipo 2 permanecem sem diagnóstico o que os coloca em risco evitável de complicações debilitantes e irreversíveis, como morte precoce, amputações de membros e perda de visão.

Leia também | Polícia prende suspeitos que tentaram fugir pelo mar com arma e drogas

No Ceará, por exemplo, o Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão (CIDH), equipamento da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), tem intensificado as recomendações alertando que as pessoas procurem atendimento nas unidades básicas de saúde.

Para aqueles já diagnosticados com a doença, a CIDH solicita a busca por práticas saudáveis, alimentação balanceada e exercícios físicos regulares, todas essas ações trarão benefícios para uma vida longa e próspera.

Medidas preventivas para casos de diabetes

– Alimentação saudável;
– Exercícios físicos regulares;
– Manter peso saudável;
– Fique longe do álcool e do cigarro;
– Faça avaliações médicas periodicamente;
– Tenha boas noites de sono.

Atividades cotidianas

Para os diagnosticados com diabetes é necessário a criação de uma rotina que reforce os cuidados diários diminuindo as chances de complicações da doença e evitando idas às unidades de saúde.

– exame diário dos pés;
– controle do peso;
– controle das taxas;
– uso correto dos medicamentos
– abandonar o tabagismo e o sedentarismo são importantes para reduzir danos à saúde.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário