Covid-19: pesquisadores da UFC iniciam estudos com medicamentos que podem inibir a replicação do vírus | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
SAÚDE
Covid-19: pesquisadores da UFC iniciam estudos com medicamentos que podem inibir a replicação do vírus
O estudo tem previsão de conclusão em maio
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 10 de janeiro de 2022
Covid-19: pesquisadores da UFC iniciam estudos com medicamentos que podem inibir a replicação do vírus
Foto: Divulgação/UFC

Novos estudos com medicamentos que podem inibir a replicação do vírus da covid-19 em células humanas foram iniciados pelo Núcleo de Biomedicina (Nubimed), da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC). De acordo com informações da instituição, o projeto começou a selecionar pacientes, na segunda quinzena de dezembro do ano passado, que se submeterão a um protocolo utilizando N-acetilcisteína (NAC) e bromexina, fármacos que já são usados e aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso clínico no Brasil.

>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<

Novos estudos sobre a Covid-19

O estudo tem previsão de conclusão em maio. Feito em parceria com outras instituições cearenses e paulistas, o projeto foi aprovado na Comissão Nacional de Ética em Pesquisa em 2021 e, logo em seguida, foi desenvolvido o treinamento na equipe de pesquisa, que iniciou o recrutamento de pacientes com síndrome gripal leve e moderada.

O projeto está sendo realizado principalmente na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Cristo Redentor, em Fortaleza. Somente na semana passada, foram selecionados cerca de 100 pacientes, de um total que chegará a 300, incluindo pessoas de 18 a 60 anos.

Estudos científicos já divulgados apontaram a eficácia do NAC em inibir a replicação do vírus da gripe humana, além de outros, como o da aids (HIV) e o vírus sincicial respiratório (vírus que afeta a respiração de bebês e crianças pequenas).

O coordenador do NUBIMED e principal investigador do estudo, Prof. Aldo Ângelo Lima, explica que a hipótese a ser testada é que o fármaco tenha a mesma ação no vírus da covid-19. “Assim, o NAC pode servir como medicamento de primeira linha para SARS-CoV-2”, aponta o pesquisador. Segundo ele, já existem resultados recentes apresentando a ação inibitória do medicamento no crescimento do SARS-CoV-2 em testes realizados in vitro (ambiente controlado e fechado de laboratório).

A bromexina aparenta ser um medicamento capaz de interferir na ação de ligação do SARS-CoV-2 com a célula do hospedeiro. Dados recentes de pesquisadores envolvidos no projeto mostram, através também de pesquisas in vitro, que a substância conseguiu inibir a replicação do vírus.

Leia mais | Estudo aponta que Ceará pode viver terceira onda de Covid-19 antes do carnaval de 2022

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário