Vacinação de crianças: confira as listas de agendados até quarta-feira (19) em Fortaleza | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
VACINAÇÃO COVID-19
Vacinação de crianças: confira as listas de agendados até quarta-feira (19) em Fortaleza
Fortalezenses cadastrados para receber a vacina contra a Covid-19 também podem consultar agendamento no site Vacine Já
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 17 de janeiro de 2022
Vacinação de crianças: confira as listas de agendados até quarta-feira (19) em Fortaleza
Foto: Agência Brasil

A Prefeitura de Fortaleza disponibilizou as listas de agendados para vacinação de crianças contra a Covid-19, além do público geral que aguarda a dose de reforço. A última atualização traz os agendados até 19 de janeiro.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<

Agendados Crianças D1 – dia 17/01/2022

Agendados População Geral D3 – dia 17/01/2022

Agendados Crianças D1 – dia 18/01/2022

Agendados População Geral D3 – dia 18/01/2022

Agendados Crianças D1 – dia 19/01/2022

Agendados População Geral D3 – dia 19/01/2022

Como consultar o cadastro e agendamento da vacina contra a Covid-19?

Fortalezenses cadastrados para receber a vacina contra a Covid-19 podem consultar agendamento programado para a primeira ou segunda dose no site Vacine Já. A plataforma da Prefeitura de Fortaleza disponibiliza, no canto superior esquerdo da tela, a função “Consultar Cadastro”, por meio da qual é possível ter acesso às informações cadastrais.

Ao acessar a ferramenta, o cidadão deverá preencher corretamente o campo do CPF e data de nascimento. Após essa etapa, o site VacineJá apresenta os dados cadastrais na parte superior da tela, de forma abreviada, e na área inferior mostra o histórico de agendamentos. A consulta está disponível 24h por dia, todos os dias da semana.

Passo a passo para consultar agendamento no site Vacine Já

1) Acesse o site Vacine Já

2) Clique na opção “Consultar Cadastro”, no canto superior esquerdo

3) Identifique-se preenchendo corretamente CPF e data de nascimento

4) Clique em consultar

Passo a passo para cadastro no Saúde Digital:

1) Acesse o site https://vacinacaocovid.saude.ce.gov.br

2) Selecione a opção “Ainda não tenho cadastro”

3) Identifique-se preenchendo corretamente seus dados

4) Nesta etapa do cadastro, deve ser informado se a pessoa está acamada. A Prefeitura realizará agendamento seguindo a sequência definida na Comissão Intergestores Bipartite N° 40 (CIB/CE), e de acordo com as prioridades definidas pelo Ministério da Saúde (MS)

5) Confirme seus dados e crie uma senha de acesso ao cadastro

6) Finalize o cadastro e aguarde seu agendamento. Acompanha no site https://coronavirus.fortaleza.ce.gov.br as listas dos agendados, que são divulgadas diariamente. Você também pode baixar o aplicativo Mais Saúde Fortaleza e na aba “Avisos” receberá uma notificação do agendamento da vacinação contra a Covid-19.

Telefone 0800 275 1475 – para pessoas que realizaram o preenchimento dos seus dados no sistema Saúde Digital e que não receberam confirmação do cadastro por e-mail poderem consultar a efetivação do cadastro.

Leia também | Vacinação de crianças ajuda a controlar surtos e epidemias, alertam especialistas

Especialistas se manifestam favoravelmente à vacinação de crianças

No último dia 23 de dezembro, a Sociedade Cearense de Pediatria e a Sociedade Brasileira de Imunizações – Regional CE – se manifestaram, em nota conjunta, a favor da indicação da vacinação contra a Covid-19 (Pfizer-BioNtech) para crianças. No texto, o coletivo de médicos lembra que, apesar de a Covid-19 ser menos grave nas crianças que nos adultos, pode causar pneumonia grave, trombose, miocardite e morte. “No Brasil, morreram 2.221 crianças por Covid-19 desde o início da pandemia, cerca de 4 a 8 vezes mais que nos EUA e na Europa. Isso faz com que a Covid-19 tenha matado muito mais crianças que qualquer outra doença imunoprevenível no mesmo período e, portanto, temos, também, que seguir vacinando as crianças para essas outras condições”, diz trecho da nota.

Sobre os eventos adversos, o documento destaca que “o principal evento adverso grave associado com a vacina Pfizer-BioNtech, a miocardite, é bem raro (cerca de um caso por milhão de doses aplicadas). Ainda assim, na grande maioria dos casos, é leve e com total recuperação. Já o risco de miocardite pela própria Covid19 é cerca de dez a 40 vezes superior ao risco de miocardite relacionada com a vacina. A vacina é um direito das nossas crianças, que também precisam ser protegidas. É o direito à vida!”.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário