Sol e chuva... alergia na certa; saiba como se prevenir | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
MORMAÇO
Sol e chuva… alergia na certa; saiba como se prevenir
25% dos brasileiros sofrem com rinite e sinusite
TIAGO LIMA
Postado em 12 de junho de 2022
Sol e chuva… alergia na certa; saiba como se prevenir

Quando o tempo muda de repente, não tem outra! Os problemas respiratórios aparecem. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que quase 2 bilhões de pessoas são atingidas por doenças respiratórias em todo o planeta. Aqui no Brasil, o número passa de 60 milhões.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Desde criança, o jornalista Matheus Maia sofre com os incômodos da rinite alérgica.

Eu costumo dizer que eu nasci com rinite porque realmente eu não lembro a idade Precisa que eu comecei a ter as primeiras crises.

Leia mais | Sesa investiga novo caso suspeito da doença

Além da rinite, ele também tem sinusite, uma inflamação ainda mais forte.

Sinusite… eu comecei a perceber que ela se desenvolveu aos poucos e às vezes eu sinto que eu tenho algumas crises um pouco mais fortes. Sinto dor de cabeça, dor nesses ossos da face, nessa região.

Casos assim são chamados de rinossinusite. E a mudança de clima só agrava esse problema. O alerta é do otorrinolaringologista Paulo Manzano.

É a ação na mucosa do nariz e dos seios da face, ela pode ser sintomática ou não e os sintomas mais comuns das rinossinusites agudas são congestão nasal, coriza, espirros, dor em peso na cabeça, mas raramente dão febre.

Faz sol, depois chove, depois faz sol de novo… E aí vem o famoso mormaço, que torna as crises alérgicas comuns. A média de casos de rinite alérgica no Brasil é de 25% da população.

Como muitos brasileiros, o Matheus faz uso de medicamentos indicados pelo médico. Mas tem um segredo para amenizar os sintomas.

Eu costumo fazer uso de chá de hortelã quando eu estou assim sentindo que a garganta vai ficar um pouco mais seca. Eu fui criada assim, minha mãe ela tem uma cultura de não tomar remédio. Ela prefere coisas naturais, então acabei herdando um pouco disso dela, aí eu faço uso do chá de hortelã. O máximo que eu tomo é Vitamina C com algumas gotinhas de extrato de própolis.

Confira as dicas do especialista pra ter um alívio na hora das crises alérgicas. Com a palavra, o doutor Paulo Manzano.

A melhor prevenção para para não ficarmos doentes, em primeiro lugar, são as vacinas. Em segundo lugar é manter-se bem hidratado e a lavagem do nariz com soro fisiológico várias vezes ao dia… é manter o peso ideal, uma dieta saudável, esses são fatores importantes. Também a atividade física, sair do sedentarismo, são importantes fatores de prevenção que a gente pode fazer, sim.

 


Deixe seu comentário