Cedro notifica caso suspeito da varíola dos macacos | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
SAÚDE
Cedro notifica caso suspeito da varíola dos macacos
O paciente é um homem de 54 anos e segue com quadro de saúde estável, informou a Secretaria de Saúde do município
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 17 de junho de 2022
Cedro notifica caso suspeito da varíola dos macacos
Foto: Agência Brasil

A Prefeitura de Cedro, no interior do Ceará, notificou caso suspeito da varíola dos macacos (Monkeypox). O paciente é um homem de 54 anos e segue com quadro de saúde estável, informou a Secretaria de Saúde do município.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

O caso suspeito teve contato com pessoa residente no estado de São Paulo. O paciente apresentou os primeiros sintomas da infecção quando deu entrada no Hospital e Maternidade Zulmira Sedrim de Aguiar. A Secretaria da Saúde do Ceará não foi notificada oficialmente sobre a suspeita.

“A Vigilância Epidemiológica Municipal já notificou o Ministério da Saúde e mantém o monitoramento do paciente e contatos. E por fim, foram colhidas amostras do paciente e encaminhados para análise”, informa nota publicada no perfil oficial da Prefeitura de Cedro. No dia 7 deste mês, a Sesa descartou o primeiro caso suspeito da doença em Fortaleza.

Entenda o que é a varíola dos macacos

O trauma naturalmente causado por uma pandemia acaba por deixar muitas pessoas preocupadas quando veem, logo em seguida, alertas sobre o surgimento de uma doença em locais onde antes ela não era detectada. É o que ocorreu após notícias de que humanos se contaminaram com a chamada varíola dos macacos, doença que é endêmica em países africanos, mas sua disseminação para países não endêmicos, como na Europa e nos Estados Unidos, causou apreensão.

Médico infectologista do Hospital Universitário de Brasília (UnB), André Bon trata de tranquilizar os mais preocupados. “De maneira pouco frequente essa doença é grave. A maior gravidade foi observada em casos de surtos na África, onde a população tinha um percentual de pacientes desnutridos e uma população com HIV descontrolado bastante importante”, explica o especialista.

Segundo ele, no início dos anos 2000 houve um surto da doença nos Estados Unidos. “O número de óbitos foi zero, mostrando que, talvez, com uma assistência adequada, identificação precoce e manejo adequado em uma população saudável, não tenhamos grandes repercussões em termos de gravidade”.

Leia também | Entenda o que é a varíola dos macacos

>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

Deixe seu comentário