Embraer informa à Anatel que estudará eventual interferência da tecnologia 5G em voos | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
TECNOLOGIA
Embraer informa à Anatel que estudará eventual interferência da tecnologia 5G em voos
No Brasil, a Anatel não prevê qualquer alteração nos prazos de implantação da tecnologia
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 5 de janeiro de 2022
Embraer informa à Anatel que estudará eventual interferência da tecnologia 5G em voos
Foto: Agência Brasil

Companhias aéreas dos Estados Unidos emitiram mais um alerta sobre eventuais riscos de segurança, causados pela tecnologia 5G, aos sistemas de aeronaves. A Embraer informou à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que vai realizar estudos sobre interferências da nova tecnologia nos sistemas de aviação do Brasil em breve.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<

Tecnologia 5G

Nos EUA, as operadoras AT&T e Verizon Communications chegaram a adiar por duas semanas a inauguração do novo serviço de 5G. No Brasil, a Anatel não prevê qualquer alteração nos prazos de implantação da tecnologia, mas alerta que o assunto vem sendo monitorado desde o ano passado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Os problemas de interferência nos aviões são de cunho técnico. A Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) recomenda uma separação de 200 MHz entre entre os serviços de radionavegação aeronáutica. No Brasil, a distância é de 3,3 GHz a 3,7 GHz. A avaliação é de que o risco de haver alguma interferência é mínimo.

Leia mais | Saiba se o seu celular está adequado para receber a tecnologia 5G

Celulares adequados

A internet 5G deve chegar às maiores cidades brasileiras até o fim do primeiro semestre de 2022. Diante da novidade, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou lista de aparelhos compatíveis com a nova tecnologia. No total, são 45 telefones celulares.

Em nota, a Anatel informou que o cliente pode confirmar se o aparelho está pronto para acessar a rede verificando se existe um selo de homologação localizado no manual. Outra opção é consultar a operadora.

“A certificação e a homologação garantem ao consumidor a aquisição e o uso de produtos para telecomunicações que respeitam padrões de qualidade e de segurança, além do atendimento a funcionalidades técnicas regulamentadas pela Anatel”, destaca a nota.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário