Partiu Empreender

Sebrae/CE e Adece formalizam parceria para o 2º Ciclo do Cidade Empreendedora

A iniciativa irá beneficiar municípios cearenses com ações voltadas para a melhoria do ambiente de negócios e fomento ao empreendedorismo

Compartilhe:
3 de agosto de 2022
Sebrae Ceará
Sebrae/CE e Adece formalizam parceria para o 2º Ciclo do Cidade Empreendedora

Uma ação conjunta entre Sebrae/CE e a Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado (Adece) irá beneficiar nove municípios cearenses participantes do 2º Ciclo do Programa Cidade Empreendedora. A formalização da parceria foi realizada na última segunda-feira (1), na sede do Sebrae, em solenidade que contou com a participação do superintendente da instituição, Joaquim Cartaxo e do secretário executivo do Trabalho e Empreendedorismo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Estado do Ceará (Sedet), Kennedy Montenegro.

Também estiveram presentes no ato o diretor Técnico do Sebrae/ CE, Alci Porto e o diretor de Administração e Finanças da instituição, Airton Gonçalves, o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Marcelo Ferreira Teles, as articuladoras da Unidade de Articulação Institucional e Políticas Públicas do Sebrae/ CE, Wilma Almeida e da Unidade de Competitividade dos Negócios, Alice Mesquita, a gerente de Desenvolvimento Regional e Municipal da Adece, Darcyla de Freitas Lima, além dos representantes dos municípios beneficiados e dos escritórios regionais do Sebrae.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

Na oportunidade, o superintendente do Sebrae/CE, Joaquim Cartaxo, destacou a importância de as administrações municipais pensarem estratégias para fortalecer a economia local. “Eu sempre digo que todo o desenvolvimento é local, pois todo CNPJ tem um CEP, por isso defendo que a economia local seja uma das prioridades das gestões municipais e este programa é uma contribuição do Sebrae neste sentido”.

Segundo Cartaxo, o grande diferencial do Cidade Empreendedora é contribuir para o fortalecimento das conexões existentes nos ecossistema produtivo do município, bem como ajudar as administrações municipais a equacionar os entraves que limitam o desenvolvimento. O superintendente aproveitou ainda para agradecer ao Governo do Estado, em especial à Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho e Adece pelo apoio a esta e outras iniciativas desenvolvidas pelo Sebrae.

Leia também |Programa do Sebrae busca tornar o Ceará uma referência na indústria de games do país

O diretor técnico do Sebrae/CE, Alci Porto, lembrou que o Cidade Empreendedora está conectado com outra ação que a instituição vem desenvolvendo que é a elaboração de planos de desenvolvimento dos territórios a partir do programa LIDER – Lideranças para o Desenvolvimento Regional, que vem sendo implementado em diversas regiões do Estado. ” O Cidade Empreendedora é um dos elos que dá sustentação a estes planos de desenvolvimento e com isso estamos conseguindo atrair importantes lideranças e instituições em prol do desenvolvimento, como é o caso da Sedet e da Adece”.

Para o secretário Kennedy Montenegro, é muito gratificante estar junto com o Sebrae em uma parceria que busca transformar a realidade dos municípios cearenses. “Nós estamos aqui endossando uma grande ação em prol do desenvolvimento do Ceará”. Já o prefeito Marcelo Teles agradeceu ao Sebrae pelo apoio nas ações do município e destacou algumas iniciativas que a sua gestão vem desenvolvendo no sentido de dinamizar a economia local, como o projeto Flor do Campo, que beneficia artesãs de São Gonçalo do Amarante.

Parceria

Pela parceria entre Sebrae e Adece, serão ofertadas um total de 5 mil horas de consultoria e instrutoria com o intuito de potencializar os esforços em prol do desenvolvimento dos municípios de Baturité, Marco, Quixeramobim, São Gonçalo do Amarante, Russas, Limoeiro do Norte, Várzea Alegre, Itapipoca e Ipu. Os nove municípios já participaram do primeiro ciclo do Programa Cidade Empreendedora, realizado no ano passado.

O programa é uma iniciativa do Sebrae que visa apoiar o poder público municipal no fomento do empreendedorismo, fortalecimento dos pequenos negócios e melhoria do ambiente de negócios, contribuindo para ampliação da geração de emprego e renda nos municípios.

As ações do programa estão formatadas em eixos estratégicos que impactam diretamente no desenvolvimento municipal, como gestão municipal, lideranças locais, desburocratização, sala do empreendedor, educação empreendedora, compras governamentais, inclusão produtiva, marketing territorial e setores econômicos, cooperativismo e crédito e inovação e sustentabilidade.

Para ver mais notícias do Sebrae/CE, acesse www.ce.agenciasebrae.com.br