Publieditorial

Exposição Aquavelas abre 10ª edição do Encontro Sesc Povos do Mar

Dez artistas plásticos foram convidados para participar da Exposição AquaVelas, que homenageou povos e comunidades litorâneas do Ceará

Compartilhe:
1 de dezembro de 2020
Assistente de Redação vídeo
Exposição Aquavelas abre 10ª edição do Encontro Sesc Povos do Mar
Foto: Jr Panela

Obras de arte pintadas em velas de jangadas coloriram a orla de Fortaleza no domingo (6/12), em uma grande celebração ao Ceará. Dez artistas plásticos foram convidados para participar da Exposição Aquavelas, que homenageou povos e comunidades litorâneas do Ceará.

A partir de referências pessoais, eles buscaram trazer para as telas elementos que representam jangadeiros, pescadores, rendeiras, paisagens, texturas, cores, luzes e sensações despertadas pela relação dos cearenses com seus territórios.

Os artistas Júlio SilveiraVando Farias participam do Povos do Mar desde os primeiros anos e formaram, junto a Zé TarcísioEdmar GonçalvesMano AlencarAlmeida Luz, Bia SoaresEfigênia CoelhoTotonho Laprovitera e Andréa Dall’Olio, o coletivo da Exposição Aquavelas.

O público de Fortaleza pode ver o resultado do Aquavelas na regata de abertura do 10º Encontro Povos do Mar, quando as velas foram expostas na Enseada do Mucuripe (próximo ao Mercado dos Peixes). Em seguida, as jangadas passearam pela orla de Fortaleza, podendo ser vistas a cerca de 200 metros da margem, navegando em direção ao Rio Ceará, onde encerram o trajeto por volta das 13 horas. A cobertura do lançamento foi transmitida pelo canal do Sesc Ceará no Youtube.

Todo o processo de preparação dos artistas para o projeto Aquavelas, bem como suas trajetórias e a relação com o mar, foi registrado em uma série de vídeos que serão exibidos durante a programação dos 10 anos do Encontro Sesc Povos do Mar.

Serviço

Mais informações