Sem categoria

Compartilhe:
1 de janeiro de 1970
Teste Teste

Uma mulher passou mais de 24 horas com uma barata no ouvido após não conseguir a remoção em hospitais da rede pública de Cabo Frio, no Rio de Janeiro. O inseto entrou no corpo de Aline Lopes por volta das 3h30 da madrugada, entre sábado (2) e domingo (3). 

A mulher disse em suas suas redes sociais, que estava na casa da sogra quando acordou, de madrugada, desesperada com o inseto no ouvido.

Ela decidiu ir ao hospital mais próximo, mas, segundo ela, na unidade não havia especialista de plantão nem material para realizar o procedimento.

O bicho só foi removido do ouvido dela nesta segunda-feira (6), por um médico de clínica particular que ofereceu o atendimento gratuito por conta da repercussão do caso. 

“Estou com a orelha inchada ainda, está tampada, mas ele [médico] conseguiu remover a barata do ouvido. Foi muito rápido, não demorou nem dois minutos”, disse Aline no Instagram nesta segunda. 

O médico otorrinolaringologista André Defaveri, que atende em uma clínica particular, ficou sabendo do caso e entrou em contato com Aline para retirar a barata. O procedimento foi feito gratuitamente por ele.