'+ Variedades

Marc Jacobs ignora barreiras

Compartilhe:
28 de junho de 2022
Jonas Viana
Marc Jacobs ignora barreiras

Marc Jacobs me deixou impactada. Que desfile show foi aquele, em New York? Coleção Runway Fall 2022 realmente diferenciada. Looks que traduziram a citação do escritor Nietzsche que Jacobs imprimiu em seu release. “Temos a arte para não morrer da verdade.”

Que Jacobs é rebelde, eu e você já sabíamos. Agora, ignorar as barreiras comerciais e se importar mais com arte do que em vender looks, foi surpreendente.

marc jacobs

Depois da pandemia, ele usou sua voz para criticar os calendários de lançamento das coleções, discordou de como as roupas são precificadas. É a loucura em acelerar o tempo de produção, preocupado em vender e vender, estimulando o fast fashion, que Marc também criticou. Sem falar na criação desenfreada de produtos. Marc Jabocs criticou todo o processo. Babado!

 

LER MAIS 

https://gcmais.com.br/coluna/mais-variedades/batom/

CONCEITO MARC JACOBS

A partir das críticas, Jacobs criou uma coleção que, confesso, estou com dificuldade de classificar e descrever. Não há um limite entre feminino e masculino. Muito menos entre os estilos que se confundem: esportivo, casual, black-tie… tudo misturado.

Essa, digamos, confusão, é bem complicada para o mercado de venda da moda digerir, principalmente, se observarmos os materiais utilizados em sua confecção: papel alumínio, vidro, papel, gesso, plástico, borracha e vinil.

marc jacobs

A beleza das modelos foi construída em uma linguagem distópica. Cabelos raspados, nas laterais, que combinou com franjas de para-choque, em estilo que lembrou o replicante da atriz Sean Young, musa do filme Blade Runner. A pele, bem, uma perfeição, com iluminador discreto nas têmporas.

 

MODELAGEM

O desfile começou com looks monocromáticos, em lavanda, cinza e verde hospitalar. São os scrubs, uniforme dos profissionais de saúde, criados por Jacobs.

Daí, começa o volume, volume, casacos gigantes, calças folgadíssimas. Os suéteres foram o que mais me chamou atenção. A peça recebeu enchimento, isso mesmo, e ficaram com tanta nervura que poderiam ser dobrados como travesseiros.

Também gostei das modelagens dos cropeds e as pedrarias dos tops, quase joias. Os ternos pretos oversized. Luxo!!!

marcs jacobs

Vestidos de vinil que parece saco de lixo

Uma curiosidade do show de Marc Jacobs foram as mãos. Sempre cobertas por luvas brancas de operação ou escondidas debaixo dos casacos e camisas. O desfile termina com três vestido icônicos. Primeiro o preto, um vestido rosa, bem suave, e um branco, de vinil, parecendo feitos de saco de lixo. Mesmo com volume, a cintura foi marcada. Detalhe que gosto demais!

Confira os detalhes do show de Marc Jacobs, no vídeo, porque, como já disse, não dá para traduzir

https://www.youtube.com/watch?v=sqWHcNK4YSw

CORES

A modelagem da coleção é bem controversa, mas temos de concordar que a cartela de cores está perfeita. Neon suave, candy, lavanda, rosa, total black e total White. Aprovado demais.

TRADUÇÃO DE TENDÊNCIAS

Do desfile de Marc Jacobs, fiz algumas leituras de moda. Observei peças que dão o Norte, para onde a tendência das modinhas vão caminhar, na próxima estação. Duvida? Então vamos lá e você vai concordar comigo. Garanto!

  1. Plataformas Mary Jane brancas ou pretas altíssimos
  2. Maxi bolsas. Estamos na rua e temos de carregar a vida
  3. Modelagem oversized
  4. Mãos cobertas por luvas ou por mangas longas
  5. Boleros e casacos gigantes
  6. Calça jeans ampla, quero
  7. Tricôs gigantes
  8. Mesmo com volume, cintura marcada
  9. Barriga de fora com croped e top com pedraria
  10. Sueter gigante