Polícia de Minas Gerais revela causa da morte de Marília Mendonça | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
INVESTIGAÇÃO
Polícia de Minas Gerais revela causa da morte de Marília Mendonça
Polícia Civil prestou informações à imprensa em coletiva nesta quinta-feira (25)
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 25 de novembro de 2021
Polícia de Minas Gerais revela causa da morte de Marília Mendonça
Foto: Reprodução / Instagram

Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (25), a Polícia Civil de Minas Gerais informou que a cantora Marília Mendonça morreu de politraumatismo provocado pela queda do avião, na Serra de Cataratinga-MG, no último dia 5 de novembro.

>>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<<

De acordo com o médico-legista Thales Bittencourt, as cinco pessoas que estavam a bordo no avião que levava a equipe de Marília Mendonça foram vítimas de politraumatismo contuso. Além da artista, morreram no acidente o tio e assessor da cantora, Abiceli Silveira Dias Filho, o produtor Henrique Ribeiro, o piloto Geraldo Martins de Medeiros Júnior e o copiloto Tarciso Pessoa Viana. Bittencourt destacou também que todos as cinco vítimas morreram pelo impacto da aeronave com o solo.

Marília Mendonça: polícia investiga causa do acidente

Em relação às causas do acidente, o delegado Ivan Salles afirmou à imprensa que a hipótese do choque entre o avião bimotor e as linhas da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) se torna mais plausível pelo fato de o piloto estar em procedimento de pouso e não ter relatado problemas, conforme relato de um piloto que se comunicou com o comandante do avião de Marília Mendonça minutos antes do acidente.

Leia também | Anitta fará homenagem a Marília Mendonça no Grammy Latino

A Polícia ponderou ainda que a confirmação dessa possibilidade ainda depende do trabalho feito pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), que apura a possibilidade de pane nos motores.

Em paralelo com as investigações da Polícia, o Ministério Público Federal (MPF) em Minas Gerais instaurou um procedimento administrativo para acompanhar a investigação das circunstâncias da queda do avião que matou a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<

O objetivo da entrada do órgão no acompanhamento do caso é entender os riscos que o tráfego aéreo enfrenta e a segurança dos voos, principalmente após a informação de que a aeronave atingiu o cabo de uma torre de distribuição de energia elétrica antes da queda.

Leia também | Marília Mendonça ultrapassa Adele e Taylor Swift e se torna a cantora mais ouvida no Spotify

 


Deixe seu comentário