Ceará tem alta de 15% no saldo de empresas abertas em 2021 | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
ECONOMIA
Ceará tem alta de 15% no saldo de empresas abertas em 2021
As cidades com maior número de registros desse período foram Fortaleza, Caucaia e Juazeiro do Norte
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 5 de janeiro de 2022
Ceará tem alta de 15% no saldo de empresas abertas em 2021
Foto: Governo do Ceará

Em 2021, o Ceará registrou um saldo — aberturas menos fechamentos — de 71.225 empresas, com acréscimo de 9.811 em relação ao ano anterior, 2020. A informação foi divulgada pela Junta Comercial do Estado do Ceará (Jucec), autarquia vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet). O número representa alta de 15% de aumento em comparação ao mesmo período do ano anterior.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<

Empresas abertas no Ceará

De acordo com o levantamento, as cidades com maior número de registros desse período foram Fortaleza, em primeiro lugar com 52.742, Caucaia, 4.692, e Juazeiro do Norte, 3.975. O setor que mais se destacou foi o de Serviços, totalizando 60.324, seguido pelo Comércio, 39.304, e Indústria, 10.422

83% das empresas foram registradas como Microempreendedor Individual (MEI), com diferença de 16.625 novas aberturas em comparação à 2020. Depois do MEI, os tipos jurídicos com mais aberturas no período de janeiro a dezembro de 2021, foram, respectivamente, o de Sociedade de Responsabilidade Limitada (LTDA), com 11.635 , e o de Empresário, com 5.492.

Leia mais | Número de empresas abertas no Ceará cresce 12% no terceiro trimestre deste ano

Saldo positivo

Um balanço realizado pela Junta Comercial do Ceará (Jucec) registrou 30.191 empresas abertas nos meses de julho, agosto e setembro de 2021, o que reflete um aumento de 12% em relação ao mesmo período de 2020.

No terceiro trimestre de 2021, o município de Caucaia se destacou com 1.295 novos empreendimentos, atrás apenas de Fortaleza que somou 14.059. Em terceiro lugar, a cidade de Juazeiro do Norte totalizou 1.121.

Segundo a presidente da Junta Comercial, Carolina Monteiro, o aumento no número de empresas abertas esteve relacionado, entre outros motivos, pelo avanço da campanha de vacinação contra o Covid-19 no Ceará, o que tem garantido o retorno gradual do comércio e serviços.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário