Ceará pretende vacinar contra Covid-19 mais de 900 mil crianças | Portal GCMAIS

Jovem Pan News FM 92.9

AO VIVO
SAÚDE
Ceará pretende vacinar contra Covid-19 mais de 900 mil crianças
O Estado aprovou a aplicação de vacina da Pfizer em crianças de 5 a 11 anos sem prescrição médica
REDAÇÃO GCMAIS
Postado em 5 de janeiro de 2022
Ceará pretende vacinar contra Covid-19 mais de 900 mil crianças
Foto: Prefeitura de Fortaleza

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou que o cadastro para a vacinação contra Covid-19 na plataforma Saúde Digital de crianças de 5 até 11 anos está liberado. Até a manhã da última segunda-feira (3), apenas 116.434 mil foram cadastradas. A estimativa é vacinar, ao todo, 904.624 cearenses nessa faixa etária. O início da vacinação neste grupo ocorrerá tão logo o Ministério da Saúde envie o imunobiológico. Vale destacar que ainda não há previsão para esse repasse de doses contra a Covid-19 para crianças.

>>Siga o GCMAIS no Google Notícias<<

De acordo com a Sesa, a Comissão Intergestores Bipartite do Ceará (CIB/CE) aprovou a vacinação contra Covid-19 em todas as crianças com idade entre 5 e 11 anos, sem prescrição médica, mediante cadastro prévio na plataforma Saúde Digital. A decisão foi tomada mediante aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ainda em dezembro de 2021.

Saiba mais sobre a vacina de Covid-19 para crianças no Ceará

O imunizante a ser aplicado no público de 5 a 11 anos é o da Pfizer/BioNtech. Será aplicado 1/3 da dose administrada em adolescentes (a partir de 12 anos) e adultos. Para a vacinação, as crianças devem estar acompanhadas de pais ou responsáveis. É obrigatória a identificação dos pequenos através de um documento oficial com foto.

Confira também | Vídeo: após chuvas, parte de detalhado de posto de saúde desaba em Fortaleza

Conforme explicou a Sesa, a vacina para crianças será aplicada em duas doses de 0,2 mL (equivalente a 10 microgramas), com pelo menos 21 dias de intervalo entre as doses. A tampa do frasco da vacina virá na cor laranja (para facilitar a identificação pelas equipes de vacinação e também por pais, mães e cuidadores) em vez da tampa de cor lilás, utilizada para aplicação com pessoas das outras faixas etárias.

>>>Acompanhe o GCMAIS no YouTube<<<


Deixe seu comentário